Polí­tica

Foto: Divulgação Sadi afirma que seu nome está garantido para o Senado Sadi afirma que seu nome está garantido para o Senado

O suplente de senador Sadi Cassol afirmou ao Conexão Tocantins na tarde desta terça-feira, 22, afirmou que está seguro com relação à sua indicação para a vaga ao Senado na majoritária do PT. O petista conta que conversou hoje com o prefeito de Palmas, Raul Filho (PT) e ele também o deu essa segurança.

“Não acredito que o PT vai mecher naquilo que já está na rua, não vejo essa possibilidade”, afirmou. O ex-secretário de governo, Darci Coelho também é pré-candidato à vaga. Para Sadi, a entrada de Darci na disputa é a comprovação da democracia no partido.

“Vejo como fato de democracia no partido”, conta. Darci foi convidado pelo pré-candidato do partido, ex-prefeito de Porto Nacional, Paulo Mourão para ser candidato ao Senado. No entanto, o PT fechou compromisso com o PCdoB para a indicação da segunda vaga.

Para Sadi, o partido ainda não fechou com o PcdoB e com isso o PT pode indicar as duas vagas ao Senado e ter uma chapa puro sangue. “Estou indicado e aprovado por unanimidade”, disse Sadi lembrando ainda que seu nome foi referendado na Convenção estadual da legenda.

Questionado sobre o critério de representatividade para assmir a vaga, motivo que Darci alegou para ser indicado, Sadi conta que representa a região central do Estado.

O que deve definir o impasse, segundo o petista, são as convenções marcadas para dia 26 no Espaço Cultural. “ Tudo isso será debate para a convenção”, disse.