Polí­tica

Foto: Philipe Bastos

Foi confirmada em reunião fechada da cúpula petista tocantinense, antes da convenção estadual do partido na tarde deste sábado, 26, a candidatura do ex-secretário estadual adjunto de Agricultura, Pedro Dias, a vice-governador na chapa de Paulo Mourão.

Em entrevista coletiva, concedida antes do início do evento, o agora pré-candidato, afirmou que esteve afastado do cenário político nos últimos 12 anos. Dias, que é natural de Gurupi, afirmou que este envolvido com suas empresas desde que deixou a secretaria adjunta e a presidência da Unitins (à época, em seu período de implantação).

Pedro Dias afirmou que sempre defendeu uma candidatura própria do PT ao governo do Estado. “Demos todo o apoio ao nome de Paulo Mourão”, frisou, afirmando ainda que antes de se colocar a pré-candidatura do prefeito de Palmas, Raul Filho (PT) ao governo do Estado, e seu não afastamento para concorrer, já defendia o nome de Morão como candidato do partido.

Destacando a deficiência do Tocantins em alguns setores, Dias afirmou que pretende trabalhar para suprir as necessidades do Estado, através do desenvolvimento sustentável. “Nosso Estado desenvolveu muito em alguns setores. Nossa proposta é voltada para o desenvolvimento com sustentação”, disse.

Dias está filiado ao PT há oito anos. Antes ele era filiado ao PMDB.