Geral

Foto: Divulgação

Durante a entrevista coletiva concedida pelo reitor da Unitins, André Luiz de Matos Gonçalves, na manhã desta segunda-feira, 28, o governador Carlos Henrique Gaguim (PMDB), que esteve presente na ocasião, afirmou que recredenciamento da universidade foi uma vitória conquistada pelos estudantes.

O governador frisou a importância de se oferecer uma modalidade de ensino à distância gratuita para a população. “A UAB (Universidade Aberta do Brasil) é um avanço jamais visto”, completou.

Gaguim destacou que esteve por diversas vezes em reunião com o ministro da educação para que o MEC agilizasse o processo de recredenciamento da universidade do Tocantins. “Estive mais de 15 vezes com o (ministro) Fernando Haddad para a liberação do dinheiro”, afirmou.

Educação para desenvolvimento

Durante sua entrevista coletiva, o governador destacou os importantes projetos que vem sendo desenvolvidos pelo Tocantins. “Temos o Porto de Praia Norte, o potencial eco turístico do Jalapão”. No entanto Gaguim frisou que antes de se conseguir aproveitar das oportunidades que as novas empresas trazem para o Estado, é necessário uma educação de qualidade. “Estamos colocando o Tocantins no mundo, mas tem que ter conhecimento.

O governador reafirmou a necessidade de se investir em educação, que de acordo com ele, é, junto com a saúde e a segurança pública, prioridade em seu governo. Eles (empresários) querem saber da qualificação dos nossos jovens”, concluiu.

Prejuízo ao Estado

Gaguim destacou que caso a Unitins não conseguisse o recredenciamento, o principal prejudicado, além dos estudantes que ficariam sem a possibilidade de se concluir seus cursos, seria o Estado. De acordo com o governador, somente em indenizações aos cerca de 50 mil alunos que o Estado teria que pagar, seriam desembolsado um valor que gira em torno dos R0 milhões. “As pessoas entraram na justiça contra o Estado”, completou.

Recredenciamento como vitória

Ainda em tom vitorioso, o governador destacou que esta foi uma das principais vitórias de sua trajetória. “Foi uma vitória do conhecimento, do compromisso, foi uma vitória do respeito”, afirmou.