Polí­tica

Foto: Philipe Bastos

Depois de longa reunião entre os convencionais do PT, na tarde desta quarta-feira, 30, ficou definido que o ex-prefeito de Porto Nacional, Paulo Mourão retira sua candidatura ao governo do Estado e será candidato a senador pela coligação de apoio ao governador Carlos Henrique Gaguim (PMDB) nas eleições deste ano.

A reunião petista ainda continua no Hotel Arco Íris para a definição dos nomes para compor as proporcionais na nova coligação governista. O presidente da legenda, Donizeti Nogueira destacou que o PMDB deixou a cargo do PT entre 3 e 4 vagas para o PT concorrer à Assembleia Legislativa e à Câmara Federal.

Usando um discurso já adotado por outras lideranças petistas, o agora candidato ao senado afirmou que é um soldado do partido. De acordo com Mourão, “As determinações do partido superam as vontades pessoais”.

Bandeiras de candidatura

Paulo Mourão ressaltou que pretende manter as mesmas iniciativas que iria defender caso continuasse como candidato ao governo do Estado. “As mesmas bandeiras que eu iria defender como governador, eu defendo como senado”, completou.

Críticas ao governo Gaguim

Em entrevistas recentes, o ex-prefeito de Porto teceu críticas ao governo do Estado e à gestão do governador Carlos Gaguim. Quando questionado como ficaria sua relação com o governador, Mourão foi enfático ao informar que não retiraria as críticas tecidas. “Não só tenho autoridade para falar isso, como tenho o desejo de ver o Estado melhor”, finalizou, acrescentando que mesmo fazendo a coligação, não será “amordaçado”.

Convenções e decisões

O PT realizou no último sábado, 26, sua convenção estadual, na qual havia ficado definido que o partido teria candidatura própria ao governo do Estado na figura de Paulo Mourão. Contudo, após encontro entre a cúpula regional dos partidos no Tocantins com o Ministro Alexandre Padilha e o presidente nacional do PMDB, Michel Temer, saiu indicação para que o PT tocantinense lançasse mão do apoio à Carlos Gaguim.

A decisão deverá ser divulgada a partir das 17h na convenção estadual do PMDB que acontece no Paço Municipal de Palmas.