Geral

Foto: Koró Rocha

Em entrevista ao Conexão Tocantins na manhã desta quinta-feira, 1, o presidente da Assembleia Legislativa, deputado Júnior Coimbra (PMDB), destacou que a coligação de apoio à candidatura do governador Carlos Gaguim (PMDB) usará o mês de julho para organizar a campanha eleitoral deste ano.

De acordo com o deputado, será o período de viabilizar os carros de sim, os adesivos automotivos, as pinturas de muros, além de outras ações. Segundo Coimbra, será o período de “azeitar a máquina para ‘azeitar’ a máquina para a campanha publicitária”.

Aliança com PT

O presidente da AL afirmou ainda que a chegada do Partido dos Trabalhadores na coligação de Carlos Gaguim “vem reforçar muito a candidatura do governador”. De acordo com Junior, o PT traz 13 prefeitos, além da militância e eleitorado.

O PT e o PMDB são dois partidos aliados no cenário político nacional. No Tocantins, ambos comporiam palanques distintos para a campanha eleitoral que inicia, caso não tivessem firmado parceria na tarde do último dia 30. De acordo com o presidente da Casa, seria “um incômodo muito grande o presidente (Lula) ter dois palanques no Estado”.

Proporcionais governistas

Júnior Coimbra ressaltou que todos os candidatos para a campanha proporcional da coligação do governo estão fechados. De acordo com o deputado, a aliança lançará um único bloco para deputado federal e dois grandes blocos para a Assembleia Legislativa.

O deputado estadual destacou que um dos dois blocos será liderado pelo PMDB e contará com as seguintes legendas: PDT, PPS, PSB e PP. O outro bloco será puxado pelo recém chegado PT e trará as demais legendas que compõem a coligação governista.