Polí­tica

Foto: Arquivo/ Jornal Opção

Os vereadores de Palmas da base do prefeito Raul Filho (PT) continuam reunidos durante o dia para discutir as afirmações feitas pelo deputado federal e candidato ao Senado, Vicentinho Alves (PR) com relação à possíveis tentativas de negociações por parte do candidato ao Senado do partido, Paulo Mourão.

Em entrevista ao Conexão Tocantins na manhã desta sexta-feira, 2, o líder da bancada, Milton Néris afirmou que os vereadores querem que a situação seja investigada. “São denúncias graves que precisam ser esclarecidas”, disse o vereador.

Neris conta também que respeita a decisão da executiva da sigla que decidiu ignorar as especulações em torno da postura de Mourão mas reafirma que não se pode “tampar o sol com a peneira”.

Os vereadores não participaram da reunião da executiva nem a deputada estadual Solange Duailibe.

Os vereadores podem entrar com um pedido de averiguação e ainda uma possível acariação para investigar a conversa entre Vicentinho e ainda o senador João Ribeiro (PR).

Vicentinho afirmou que Mourão chegou a pedir uma ajuda financeira de R$ 3,5 milhões em duas parcelas e ainda tentou negociar apoio para eleições.

Para a executiva do PT, as afirmações não tem elementos que mereçam uma investigação.