Geral

Foto: Divulgação

Dilma Rousseff (PT) e Michel Temer (PMBD), pré-candidatos à Presidência e Vice-Presidência da República, respectivamente, registraram na manhã de hoje (5) a candidatura no Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

O valor máximo a ser gasto na campanha é de R$ 157 milhões. A quantia é cerca de 59% menor que o estimado pelos coordenadores da campanha há cerca de um mês, quando chegaram a cogitar gastos de R$ 250 milhões. Em comparação com os gastos da campanha do presidente Luiz Inácio Lula da Silva em 2006 (R4,3 milhões), houve um acréscimo de quase 51%.

Os dois candidatos apresentaram certidões criminais negativas nas justiças Eleitoral, Federal e Estadual. Agora os registros serão distribuídos a um dos sete ministros do TSE, que fica responsável por conferir se os documentos estão de acordo com a Lei Eleitoral. Recursos pela impugnação da candidatura só podem ser julgados a partir de 2 de agosto, durante sessão plenária com voto de todos os ministros. Desde 2 de julho, a corte está em recesso.

Da Agência Brasil