Polí­tica

Foto: Conexão Tocantins

O ex-governador Siqueira Campos (PSDB), candidato ao governo pela coligação Tocantins Levado a Sério em seu discurso no primeiro comício em Palmas na noite desta sexta-feira, 9, pediu união do grupo. “Unidos fomos e seremos cada vez mais”, disse no início da fala.

O candidato falou que o comício representa a “arrancada para a vitória”. Siqueira apresentou os candidatos a deputados estaduais e federais presentes chamando nominalmente cada um deles. Os líderes comunitários também foram citados pelo candidato.

Siqueira exaltou o nome da senadora Kátia Abreu (DEM), coordenadora executiva da sua campanha e afirmou que o encontro da noite não é ainda comício e sim uma grande reunião.

“Vamos combater aqueles que querem comprar a consciência e comprar votos”, disse. O candidato falou ainda que é preciso colocar “para fora do Palácio Araguaia” o atual governo.

O candidato falou que quer parceria com o prefeito de Palmas, Raul Filho (PT) para pavimentar o município, mesmo o prefeito sendo adversário dele. “Quero criar políticas públicas que nos permitam proteger a população mais pobre”, disse.

Siqueira falou ainda que quer combater a fome e a falta de conhecimento. O tucano falou ainda em fazer escolas de tempo integral em todos os municípios. “O que meu adversário está fazendo de bom eu vou fortalecer e vou aplaudir”, disse.

Num tom mais forte Siqueira pediu “Xô corrupção” e falou que vai voltar com a distribuição de cestas básicas para combater a fome. O candidato disse ainda que além de dar bolsas de estágio, pretende incentivar crianças a reflorestar os canteiros e jardins da cidade.

Siqueira afirmou também que vai reformular o programa Pioneiros Mirins e ainda distribuir notebooks. O tucano falou ainda de políticas voltadas para a área rural. “Vou ser o maior governador de todos os tempos”, frisou.

“O adversário é forte, está com o poder na mão”, frisou, completando ainda que vai “esmagar” os adversários.