Geral

As atividades do projeto Letras de Luz, realizado pela Fundação Victor Civita com patrocínio da EDP e apoio da lei Rouanet de Incentivo à Cultura e do Instituto EDP, beneficiaram mais de sete mil pessoas em 26 municípios brasileiros, ao longo do primeiro semestre de 2010.

Nesse período, o Letras de Luz realizou 14 oficinas de leitura para mais de 680 multiplicadores de escolas públicas municipais e agentes culturais. Além disso, apresentou 33 espetáculos teatrais que encantaram mais de 6.800 espectadores. Essas atividades aconteceram em 26 cidades brasileiras, distribuídas em três estados: Espírito Santo, São Paulo e Tocantins.

“O projeto Letras de Luz tem como objetivo incentivar o hábito da leitura por prazer, colaborando para que ele faça parte do cotidiano dos jovens”, afirma Angela Dannemann, diretora-executiva da Fundação Victor Civita. “Esse projeto é muito importante para nós, pois através da leitura, o cidadão compreende melhor o mundo a sua volta, desenvolve criatividade e adquire cultura, conhecimentos e valores", explica.

"O Letras de Luz está alinhado com a nossa missão de contribuir para o desenvolvimento sustentável de toda a sociedade. Os resultados obtidos nos três anos de atuação do projeto mostram que os nossos esforços são legítimos e têm contribuído para adicionar mais conhecimento a muitos jovens de diferentes regiões do País. É um orgulho constatar que estamos lhes dando ferramentas que ampliam as suas visões do mundo por meio da leitura e do exercício da cidadania”, afirma António Pita de Abreu, presidente da EDP.

A cada ano e por onde passa, o projeto encanta mais pessoas e alcança melhores resultados. Em Lorena, interior de São Paulo, a Escola Virgílio Rosas iniciou esse ano um grupo de leitura chamado “Chá Literário” inspirado pelo Letras de Luz. Do primeiro encontro ao último o número de participantes dobrou. Durante as oficinas, como parte da proposta de formação, os educadores estimulam os participantes a escreverem a leitura que realizam em diários, desse modo conseguem registrar os livros que leram e passar adiante o conteúdo. Já no primeiro semestre deste ano, notou-se um grande aumento no número de diários em relação ao ano passado.

Outros resultados muito interessantes surgiram com as apresentações teatrais. As apresentações do conto “O Enfermeiro” contaram com a participação de 10% da população no município de Lajeado, no Tocantins. Um número realmente impressionante. Em Linhares, no Espirito Santo, o grupo de teatro também se destacou, sendo prarabenizado através de um ofício emitido pela Secretaria de Cultura pela apresentação do espetáculo “Um Credor da Fazenda Nacional”.

Em agosto de 2010 será realizada a terceira parte do projeto Letras de Luz, que consiste na doação de obras literárias nas cidades em que atua, reforçando o compromisso de estimulo à leitura na comunidade. Serão doados ao todo sete mil livros, divididos em 166 títulos diferentes para cada município participante. A ideia é que o material seja usado para complementar os acervos literários dessas localidades.

Fonte: Assessoria de Imprensa

Por: Redação

Tags: Lajeado, Letras de Luz, São Paulo, Tocantins