Polí­tica

Foto: Divulgação/ Assessoria

A deputada federal e candidata à reeleição, Nilmar Ruiz (PR) em entrevista ao Conexão Tocantins na manhã desta quarta-feira, 4, disse que não fez nenhuma reclamação ao senador João Ribeiro, presidente do PR, sobre a atuação da senadora Kátia Abreu (DEM) à frente da coordenação executiva da campanha do ex-governador Siqueira Campos (PSDB).

No entanto, Nilmar afirmou que não concorda totalmente com alguns pontos no modo da senadora conduzir a coordenação. O principal motivo, segundo Nilmar, é o fato de Kátia estar fazendo campanha para o filho, Irajá Silvestre, que tenta uma cadeira na Câmara Federal, e ainda ter que lidar com os outros candidatos do grupo.

“Fazer campanha e coordenar é algo desconfortável”, frisou a deputada que disse ainda que não concorda com a acumulação de função da senadora.

Para amenizar a crítica,Nilmar disse que torce para que tudo aconteça da melhor forma possível dentro do grupo. “ Numa campanha é claro que a gente nunca concorda totalmente, torço para que tudo transcorra da melhor forma possível, o que eu estou levantando são sugestões para contribuir”, disse.

Outros candidatos que concorrem à  Câmara Federal estariam também insatisfeitos com a atuação de Kátia.

A candidatura de Irajá foi colocada na disputa de outubro em virtude do desentendimento da senadora com o candidato Júnior Marzola, que tem cada vez mais se afastado do grupo por falta de apoio.

Críticas

Na Assembleia legislativa, o deputado estadual Paulo Roberto Ribeiro (PR) levantou ontem uma discussão na Casa de Leis onde o parlamentar acusou Kátia de estar comprando votos para o filho.