Polí­tica

Foto: Divulgação/Senado

O senador João Ribeiro (PR), discursou no início da noite desta terça-feira, 3, e fez um apelo aos deputados para que aprovem em segundo turno, na próxima sessão deliberativa, a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 300/08. Originalmente, a matéria estabelece que o salário dos policiais militares e bombeiros militares do país não pode ser inferior ao piso da PM do Distrito Federal que hoje gira em torno de R$ 3,5 mil.

Pelo texto já aprovado em primeiro turno, fica autorizada a criação de um piso nacional para a categoria e um fundo com recursos para ajudar os estados a pagar os salários de policiais militares e bombeiros.

 Polícia Militar do Tocantins

Ao defender os policiais militares, incluindo os bombeiros, João Ribeiro ressaltou a importância do seu trabalho na segurança pública do país. Em especial “a minha querida Polícia Militar do Estado de Tocantins”, o senador disse merecer o reconhecimento do Senado e defendeu a aprovação da PEC dos Policiais Militares assim que ela iniciar a discussão no Senado Federal.

Em seu discurso, João Ribeiro disse que não era correto que os policiais militares colocassem a vida em risco por pouco mais de um salário mínimo, como ocorre em alguns estados brasileiros. O senador, coordenador da bancada do Tocantins no Congresso Nacional, conclamou os deputados tocantinenses a aprovar imediatamente a PEC.

Liberação de recursos

O senador João Ribeiro em Brasília, ouviu do ministro Alexandre Padilha, das Relações Institucionais do Governo Federal que "estão assegurados os recursos para a finalização da construção da ponte na T0-010, sobre o Rio Tocantins, ligando os municípios de Lajeado e Miracema". Semana passada, João Ribeiro já tinha conseguido o empenho de R$ 10 milhões. Nesta terça-feira, o senador obteve do ministro responsável pela articulação política do presidente Lula, o compromisso de que o governo federal não deixará a obra parar por falta dos recursos federais. Faltam ainda cerca de R$ 37 milhões para o término da obra.

O encontro com o ministro do governo Lula ocorreu na residência do senador Gim Argello (PTB-DF), vice-líder do governo no Senado Federal. Durante o almoço com todos os senadores da base do governo Lula e alguns ministros de Estado, o senador ainda teve a chance de discutir com Padilha a participação do Partido da Republica no futuro Comitê Suprapartidário de apoio à candidatura Dilma Roussef que será instalado em Palmas. Segundo o senador João Ribeiro, o PR que apóia a ministra Dilma a nível federal também terá participação nas ações deste Comitê Suprapartidário no Tocantins.

Da redação com informações da Assessoria de Imprensa/ Senador João Ribeiro