Polí­tica

Foto: Divulgação

Na ala petista do Estado existe a movimentação em torno da seleção dos membros que atuarão na equipe de campanha da presidenciável Dilma Rousseff(PT).

Diante de especulações em torno do nome do prefeito de Palmas, Raul Filho (PT) para assumir a coordenação do escritório político supra-partidário da ex-ministra , o presidente regional do PT, Herlan Torres afirmou que o gestor não ocupará nenhum cargo na articulação política.

“Não há divisão, o escritório é apenas uma parte da discussão”, disse reafirmando que o prefeito de Colinas do Tocantins,José Santana é quem coordenará todos os aspectos da campanha no Estado inclusive o escritório que contará ainda com a participação do PR, sigla que compõe à nível estadual no grupo do ex-governador Siqueira Campos (PSDB).

“O nome de Santana foi discutido no partido e já está aceito e acatado pela coordenação nacional”, frisou acrescentando também que o prefeito de Colinas já busca adequar a agenda dele de gestor com as atividades de campanha.

A indicação de Raul para coordenar o escritório supra-partidário veio de alguns membros do grupo, inclusive do candidato ao Senado Vicentinho Alves (PR). “O nome de Raul foi o menos colocado”, afirmou se referindo á escolha da coordenação.

As equipes já começam a ser montadas nos municípios e ainda através das lideranças regionais. “Já estamos vendo o local do comitê e o Santana já está articulando”, frisou.

Herlan afirmou também que Santana tem o perfil ideal para conduzir a campanha e as articulações políticas pró-Dilma no Estado. “O Santana tem uma relação pacífica com todos os partidos da base, é o nome certo, afirmou.

Nesta sexta-feira, 6, haverá uma reunião para definir alguns detalhes da campanha de Dilma no Estado. A vinda da ministra e do presidente Lula no Estado está prevista apenas para setembro, último mês de campanha.

O ministro de relações institucionais, Alexandre Padilha também virá ao Estado para se reunir com a equipe de campanha do governador Carlos Henrique Gaguim (PMDB) e participar de uma mobilização de campanha para a ministra.

Em todas as pesquisas divulgadas até o momento, Dilma pontua na frente do adversário, José Serra (PSDB) que já veio a Palmas fazer campanha mas não teve comício.

Situação de Raul

Herlan comentou ainda ao Conexão Tocantins sobre como o partido vai lidas com a declaração oficial de Raul de apoiar o candidato do PR, João Ribeiro que não é da coligação que o PT participa. “O partido vai se reunir e ver como lidar com isso”, afirmou.

Indagado sobre a possibilidade de outros gestores da sigla também apoiarem Ribeiro, como o próprio senador já declarou, o presidente disse que não tem conhecimento dessa intenção por parte de outros prefeitos.