Polí­tica

Foto: Divulgação

Os deputados estaduais não fizeram sessão nesta quinta-feira, 5, por falta de quórum. O presidente da Assembleia Legislativa, Júnior Coimbra (PMDB), esteve em plenário mas nem abriu os trabalhos.

Passaram ainda pelo plenário, Raimundo Moreira (PSDB), Pastor Pedro Lima (PR), José Viana (PSC), José Geraldo (PTB), Eli Borges (PMDB) e a líder do governo, Josi Nunes (PMDB).

Essa foi a primeira semana de trabalho dos parlamentares nesse segundo semestre depois do recesso parlamentar.

Tendência

A menos de dois meses para as eleições, apenas Fábio Martins (PDT) não tenta reeleição na Casa de Leis, a tendência é que assim como o semestre passado os parlamentares não consigam fazer sessões às quintas-feiras, dia em que maioria dos parlamentares não comparece em plenário.

Na terça-feira, 3, os deputados começaram o semestre levando para o plenário assuntos de campanha, como por exemplo discutindo sobre compra de votos. Parlamentares tanto da oposição como da situação se dividem entre as agendas de campanha e as atividades parlamentares.

Essa semana foram encaminhados para a Comissão de Constituição e Justiça da Casa, vários projetos de lei de autoria dos próprios deputados, mas nenhum encaminhado pelo governo.

A dificuldade de comparecer nas sessões é principalmente dos parlamentares representantes do Bico do papagaio, como Amélio Cayres (PR) e Manoel Queiroz (PPS).

Na disputa por uma cadeira na Casa de leis já há quatro vagas em aberto, já que César Halum (PPS), Angelo Agnolin (PDT) , Coimbra e Cacildo Vasconcelos (PP) tentam uma vaga na Câmara Federal e Martins desistiu.

Colaborou: Philipe Bastos