Palmas

Foto: Divulgação

Com o objetivo de alertar e orientar a população sobre procedimentos e perigos causados pela baixa umidade relativa do ar e a incidência dos raios ultra violeta, a Secretaria da Saúde de Palmas (Semus) vai reunir técnicos das populações de risco e das secretarias Municipal da Educação, Estadual da Saúde e Defesa Civil, nesta quarta-feira, dia 18, às 14:30 horas, no auditório da Semus, à 103 Norte, Rua SO-07, Lote 03.

Segundo Samuel Bonilha, secretário da Saúde, a Semus, através da Unidade de Resposta Rápida(URR) e do Programa de Vigilância do Ar (Vigiar), das áreas técnicas da Saúde do Trabalhador, do Homem e do Câncer, vai alertar e orientar as instituições acima e a comunidade mais vulnerável aos agravos, sobre como amenizar os efeitos danosos à saúde, provenientes da baixa umidade relativa do ar” - justifica.

“ Os baixos índices de umidade do ar são preocupantes e a previsão do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE) não são boas para os próximos dias, por isso temos de tomar alguns cuidados para evitar males maiores “ - argumenta Renata Chaves, responsável Técnica pela URR.De acordo com Cláudio Flatin, engenheiro coordenador de Vigilância em Saúde Ambiental da Semus, a alta incidência das radiações ultra violeta (UV) é também outro fator preocupante em Palmas.

“As previsões do INPE são acima do normal e por esses raios provocarem queimaduras e favorecerem o câncer de pele, temos de orientar a população sobre procedimentos básicos para driblar a ação funesta à saúde desses raios solares” - frisa Flatin.

Por: Redação

Tags: Prefeitura de Palmas, Samuel Bonilha, Saúde