Estado

Foto: Divulgação

Durante o evento de inauguração das reformas do Fórum de Gurupi, que aconteceu na manhã desta quarta-feira, 25, no Fórum de Gurupi, a Presidente do Tribunal de Justiça do Tocantins (TJTO), desembargadora Willamara Leila e o diretor do Fórum de Gurupi, Roniclay Alves de Moraes destacaram a importância da construção de um novo Fórum numa área de 10.000m² cedida pela prefeitura.

A Presidente do TJ, disse que apesar das reformas feitas no fórum, os servidores e a comunidade em geral merecem um novo Fórum em Gurupi. “Vamos encerrar o mês de dezembro, se Deus quiser, com 66 obras, entre construções e reformas”, disse a desembargadora, reiterando que para o orçamento de 2011 será incluso a construção de um novo fórum para a cidade. “Vamos incluir no orçamento para que a construção aconteça ano que vem. Na próxima gestão do novo presidente”, disse, destacando a área cedida pelo município.

O prefeito Alexandre Abdalla (PR)informou que na área doada pelo município estão previstos para serem implantados, além do fórum, a Vara da Justiça Federal, a Defensoria Pública e o Ministério Público Estadual. “A nossa intenção é atender as reivindicações da classe e contribuir para melhorar os serviços que envolvem o Poder Judiciário e facilitar o acesso, em um único lugar, das pessoas que precisam destes serviços”, disse.

Para o diretorRoniclay Alves de Moraes, a doação do terreno, pela prefeitura, representa o desejo dos juízes gurupienses e da administração da presidente Tribunal de Justiça que na atual gestão está reestruturando e construindo vários fóruns no Tocantins. “Hoje a nossa estrutura já é deficitária. Nós temos 13 Varas de Gurupi e já temos uma que já está funcionando fora, queé a Vara Especializada no Combate à Violência Doméstica. Como não teve espaço no Fórum teve que locar um local para abrigá-la. Ou seja, o Fórum hoje já está pequeno”, completou.

Reformas

O diretor do Fórum de Gurupi destacou que nas reformas foram readequados os ambientes, melhorada a parte física, implantados equipamentos para climatização ambiental e resolvido o problema “crônico” da parte elétrica, que segundo ele,alguns juízes já suspenderam seus trabalhos em razão da falta de energia elétrica. “A reforma faz com que a gente tenha uma melhor prestação jurisdicional. Porque a partir do momento que a gente tem um ambiente adequado, a população ganha com isso e os servidores estarão mais dispostos num ambiente adequado de trabalho”, disse.

Presença

O evento contou com a presença do prefeito de Gurupi Alexandre Abdalla; da Presidente do Tribunal de Justiça do Tocantins (TJTO), Desembargadora Willamara Leila; do Diretor do Fórum de Gurupi, Dr. Roniclay Alves de Moraes; do presidente da subseção da OAB/Gurupi, Dr. Walace Pimentel; do chefe de Gabinente da Prefeitura de Gurupi Ivan Coelho e de Juízes, promotores e demais servidores do Poder Judiciário.

Fonte: Assessoria de imprensa prefeitura de Gurupi