Polí­tica

O governador Carlos Henrique Gaguim (PMDB) recebeu na tarde desta segunda-feira, 30, de mais de 54 sindicatos rurais e do deputado federal e presidente da federação da Agricultura e Pecuária, Júnior Marzola (DEM).

Aderiu também, conforme já anunciado pelo Conexão Tocantins, o ex-prefeito de Pedro Afonso, Tom Belarmino. Outros candidatos desistiram da candidatura para apoiar o governador como é o caso de Flávio do Detran e Dagmar Porto, todos do DEM.

Sobre os apoios, Gaguim disse que foi uma decisão dos sindicatos. “Eles que me escolheram porque tenho compromisso e prioridade com a classe”, afirmou o governador.

Gaguim disse que terá cerca de 90% do apoio de todas as categorias e que pretende ganhar com 80% dos votos. “E eu convoco os indecisos que venham para cá também, para o lado do presidente Lula”, disse.

O coordenador político da campanha de Gaguim, Manoel Bueno disse ao Conexão Tocantins que ainda essa semana acontecerá outras adesões do grupo adversário.

Ação

Indagado sobre a Ação que a coligação Tocantins Levado a Sério protocolou pedindo a impugnação de sua candidatura, Gaguim disse que é uma atitude desesperada. “Eles estão no desespero, já sabem que vão perder”,a firmou.

“Eles vão entrar todas hora com uma coisa só falta querer nos impedir de ajudar nosso povo”, frisou. O governador questionou ainda custos de campanha da coligação adversária. “Quero saber de quem são aqueles vinte aviões que estão aí, quero saber quem está perdendo”, frisou.