Polí­tica

Foto: Conexão Tocantins Agnaldo Boaideiro(D) acusa o PT de ter tirado tempo da propaganda eleitoral dos candidatos do PRP Agnaldo Boaideiro(D) acusa o PT de ter tirado tempo da propaganda eleitoral dos candidatos do PRP

Em entrevista ao Conexão Tocantins namanhã desta segunda-feira, 30, os candidatos do PRP, José Cirino de Freitas, à Câmara Federal e Agnaldo Boiadeiro, à Assembleia Legislativa, afirmaram que o PT não tem cumprido com seus compromissos eleitorais com os republicanos progressistas. As informações dos candidatos vão contra às alegações do presidente estadual do PRP, Félix Gomes, de que o partido do presidente Lula estaria com todos os acordos políticos em dia entre as legendas.

De acordo com os candidatos, um dos principais pontos de atrito entre os partidos é a retirada de tempo de propaganda eleitoral em rádio e TV. De acordo com o candidato a deputado estadual o PRP acabou ficando com pouco tempo no horário eleitoral gratuito e, através de acordo com o PT, com quem divide coligação proporcional, recebeu um acréscimo para sua exibição nas mídias de massa. “Eles no cederam e depois nos retiraram”, completou.

O PRP possui, além de Boiadeiro, dez candidatos a deputado estadual e um para a Câmara Baixa de Brasília, José Cirino. Contudo, de acordo com informações dos candidatos ao Conexão Tocantins, o candidato ao senado Paulo Mourão (PT) estaria cooptando os nomes do PRP a apoiar as candidaturas petistas à Câmara Federal. “Por isso nós não apoiamos Paulo Mourão para o senado”, informou Boiadeiro.

Deixando claro que este é um posicionamento pessoal deles, os candidatos afirmaram, inclusive, que Mourão, até o momento, não se reuniu com os candidatos do PRP para conversar. “Há 60 dias estamos tentando essa reunião. Estamos sendo excluídos”, concluiu.

No entanto, segundo o vice-presidente da legenda e candidato a deputado federal, José Cirino, a restrição não se aplica à candidatura de Marcelo Miranda (PMDB), companheiro de chapa de Mourão. Cirino, inclusive, que voltaria a apoiar Mourão caso os desentendimentos entre os partidos sejam resolvidos. “Estamos 100% com o governador Gaguim, com o Marcelo Miranda, mas não apoiamos Paulo Mourão”, completou.

Mal entendido e pedido formal de desculpas

O vice-presidente afirmou que a nota enviada ao Conexão Tocantins pela assessoria do partido, continha erros que acabaram por gerar o mal entendido com relação ao apoio a Marcelo Miranda. Com relação a isso, José Cirino afirmou que pede desculpas ao candidato peemedebista ao senado e aproveitou para reiterar seu apoio ao ex-governador. “Peço desculpas ao candidato Mercelo Miranda, por um erro da nossa assessoria”, afirmou.

Silêncio e críticas ao presidente

Agnaldo Boiadeiro afirmou ainda que o PRP passa por problemas internos sérios de falta de diálogo. Segundo o candidato a deputado estadual, foi realizada uma reunião em sua residência na qual estiveram presentes a maioria dos candidatos da legenda nas eleições deste ano. “Fizemos uma reunião em minha casa e o presidente se retirou e afirmou que não representava mais os nossos candidatos”, informou.

Na ocasião, segundo o candidato, os correligionários optaram por declarar o vice-presidente, José Cirino. “Nós elegemos o doutor Cirino como presidente”, concluiu.

Em tom áspero, Boiadeiro informou que não reconhece a autoridade de Félix Gomes, como presidente da legenda. “Eu não reconheço o Felão (Félix Gomes) como presidente. Ele é presidente jurídico, mas o presidente de fato é o doutor Cirino”, completou.