Estado

Foto: Divulgação

O número de atendimentos da Defensoria Pública de Palmas, no mês de agosto, foi de 2.176. Se comparado ao fluxo de atendimento no mesmo mês do ano passado, quando foram contabilizados 1.591 atendimentos, constata-se um aumento da ordem de 35%.

Do total de atendimentos, 54% foram na área da família – a maioria à procura do divórcio, já que agora os casais podem se divorciar sem a necessidade da separação prévia – seguida do Juizado Especial Cível e Vara Cível.

De acordo com a diretora do núcleo, Tatiana Borel, a demanda de agosto foi bem diversificada. “Tivemos muita procura para regularização de lotes, financiamentos, medicamentos e concurso público municipal”.

Na Defensoria Pública, os casos que cabem Conciliação são encaminhados para a Câmara; o que satisfaz as necessidades mais urgentes e reduz as filas de espera dos assistidos. A Câmara de Conciliação contabilizou 420 atendimentos em agosto. Em Palmas, são realizadas, em média, 10 conciliações por dia.

Regional

A Regional de Palmas conta, hoje, com 22 Defensores Públicos que realizam atuam em toda Capital. Na Região Central, o atendimento é feito no Núcleo, localizado na Quadra 602 Sul, Conjunto 02, Lote 17 (próximo ao Fórum de Palmas); em Taquaralto, na Avenida Tocantins, lote 09 A, loteamento Morada do Sol. Já na Região Norte, o atendimento é realizado na 303 Norte, Alameda LO 10, lote 27.

Fonte: Assessoria de Imprensa/ Defensoria Pública