Palmas

A Secretaria da Saúde de Palmas (Semus), através do Centro de Controle de Zoonoses (CCZ), e Vigilância Sanitária (Visa), desenvolve ação de fiscalização e notificação contra dengue, nos depósitos de materiais recicláveis da Capital, nesta terça-feira, dia 14, às 8 horas da manhã, com saída da garagem central da Prefeitura, à Avenida NS-02, Quadra 502.

A ação, que terá como parceiros, a Secretaria de Desenvolvimento Urbano e Meio Ambiente e a Guarda Metropolitana é preventiva e vai se iniciar pelas quadras 712, 812, 912 e 1012. “Nosso objetivo é evitar a proliferação de grande quantidade de larvas do mosquito Aedes aegypti, quando iniciar as chuvas.” - justifica o secretário da Saúde, Samuel Bonilha.

De acordo com José Luiz Peres, Coordenador dos Agentes de Endemias da Região Sul, os resíduos recicláveis, como garrafas peti e copos descartáveis por exemplo, são excelentes depósitos de ovos do mosquito durante a seca. A falta de armazenamento adequado deixa expostos os recicláveis, ficando vulneráveis às chuvas.

“Os ovos sobrevivem cerca de 450 dias e quando caem as primeiras chuvas, depois da estiagem, eles viram lavras rapidamente e depois surgem os mosquitos aladados” - explica o coordenador.

Fonte: Ascop