Polí­tica

Foto: Divulgação

O candidato a deputado estadual pela Coligação Força do Povo II, José Ronaldo (PSB), repudiou através de nota a propaganda eleitoral gratuita veiculada nesta semana, de autoria da Coligação Frente Tocantins Levada a Sério, que trata o servidor comissionado como cabo eleitoral.

Veja na íntegra a nota encaminhada pelo candidato:

“Repudio e não aceito esse tipo de rotulação que fizeram dos servidores comissionados. Entendo que ações como essas atingem frontalmente a dignidade dessas pessoas, discriminando-as. Elas tem ajudado a construir dia, após dia, o nosso Estado, e que mais uma vez, caluniosamente, são chamados de “cabos eleitorais”. Então eu questiono, será que estes 21 mil servidores comissionados que cuidam da nossa saúde, da educação de nossos filhos, são cabos eleitorais? Ou são cidadãos que trabalham dignamente pelo próprio sustento?

Esta não é a primeira vez que “Alguns” denominam os servidores comissionados de ‘cabos eleitorais’. A primeira foi com a ADI 3990 (Ação Direta de Inconstitucionalidade) proposta pelo PSDB quando os chamaram de ‘cabos eleitorais’ e ‘fantasmas’. Naquela época, foram exonerados 21 mil servidores. Só puderam voltar ao trabalho quando o então Governador Marcelo Miranda os contratou através de uma nova Lei.

Esses “Alguns” não pararam e tentaram novamente, com a ADI 4125, também proposta pelo PSDB e novamente os servidores comissionados foram denominados de ‘Legião de Fantasmas e Cabos Eleitorais’. E quem não se lembra, já em 2010, da corrente de oração que se espalhou nos órgãos públicos em prol dos comissionados? E graças a Deus, a Justiça entendeu que estes servidores comissionados são importantes para o Estado, quando concedeu um tempo determinado para a realização de concursos públicos.

Assim, em respeito a essas pessoas, servidoras, homens e mulheres que ganham seu sustento com o suor do próprio rosto, devem ter garantido o respeito à dignidade. Dessa forma conclamo as entidades classistas que as representam a mover ação judicial no sentido de retirar imediatamente a propaganda eleitoral que traz o texto:

- Tem muita gente que foi nomeada para um cargo comissionado, e em vez disso, pode estar trabalhando como cabo eleitoral na campanha, ou seja, recebendo o dinheiro do povo, e cidadania, denuncie. Ligue para a procuradoria regional eleitoral telefone 3219-7205. É o seu dever como cidadão, começar a por um ponto final nessa triste história .

Zé Ronaldo dos Santos

Candidato a deputado Estadual/

Servidor Público

Por: Redação

Tags: Eleição 2010, José Ronaldo, Política