Estado

Foto: Lia Mara

O vice-governador do Tocantins, Eduardo Machado, recebeu em audiência no Palácio Araguaia, nesta quinta, 23, uma delegação chinesa da Mongólia Interior, que vem ao Estado com interesse em novas oportunidades de negócios e investimentos no setor dos biocombustíveis.

O vice-governador da Mongólia Interior, Lian Ji, que capitaneia a delegação disse que se interessa ainda na transferência de tecnologia para produção de combustíveis alternativos. “Queremos conhecer as ações do governo do Tocantins, na área de ciência e tecnologia, principalmente na produção de energia”, destacou Lian Ji.

A delegação participou de reunião no Palácio, onde foram apresentadas as potencialidades do Tocantins. “A vinda dessa delegação é resultado da política de atração realizada pelo atual governo. Nós temos levado o nome do Tocantins e suas potencialidades para todo o mundo conhecer, com o objetivo de criar emprego e gerar renda”, pontuou Eduardo Machado.

A Mongólia Interior é uma região autônoma da República Popular da China com área de 1,18 milhão km2. A capital é Hohhot. Esta região representa cerca de 0,5% do PIB e 13% do território chinês.

Nesta sexta-feira, 24, a delegação chinesa passa o dia em Paraíso do Tocantins, onde irá conhecer a Biotins, empresa tocantinense que produz biocombustíveis.

Fonte: Secom