Polí­tica

Foto: Divulgação

Apontar problemas e sugerir soluções para melhorar o sistema penitenciário e colaborar com a Secretaria da Segurança Pública do Estado do Tocantins, foram os objetivos da 2ª Reunião Extraordinária do Gabinete de Gestão Integrada – GGI – na qual participou o deputado e presidente da Comissão de Segurança Pública da Assembleia Legislativa do Tocantins, José Geraldo de Melo (PTB).

Após uma breve explanação sobre as funções da GGI, o secretário da Segurança Pública, Gilson Sousa Silva, reforçou a importância dessas reuniões, afirmando que ao se discutir ideias, as chances de acertar são maiores: “Temos que encontrar soluções compartilhadas para minimizar a situação que se encontra o sistema penitenciário do nosso estado, por isso é de suma importância essa reunião do GGI”.

Silva acrescentou que uma das ações já realizadas pela Secretaria foi a criação do Grupo de Intervenção Rápida – GIR – em Gurupi, Araguaína e Palmas, com a finalidade de dar suporte à polícia militar.

Para José Geraldo as reuniões do GGI devem acontecer com maior periodicidade, já que a preocupação em achar soluções vai além da Secretaria de Segurança Pública – SSP – “Os parlamentares também estão preocupados com a crise no sistema prisional. Diante do que já foi exposto aqui, e como presidente da Comissão de Segurança Pública do Legislativo, defenderei mais recursos para a Secretaria de Segurança Pública do Tocantins, a fim de servir melhor o nosso povo”.

O parlamentar também parabenizou o secretário pela criação do GIR, entendendo que o Grupo pode evitar maiores transtornos e gastos desnecessários. “Acredito que um Plano de Prevenção de Risco de Rebelião seria essencial para evitar problemas como a crise do sistema penitenciário. Melhorar nossas escolas para não precisar construir cadeias também é outra grande sugestão”, finalizou José Geraldo.

Fonte: Assessoria de Imprensa José Geraldo