Polí­tica

Em entrevista ao Conexão Tocantins na manhã desta quinta-feira, 6, o deputado estadual Fábio Martins (PDT) afirmou que pretende assumir posicionamento independente durante as análises e votações das matérias apresentadas pelo novo governo do Estado.

Fábio Martins afirmou que está em viagem e que só deve retornar à Palmas na próxima segunda-feira. De acordo com ele, assim que chegar à capital, irá se reunir com correligionários e aliados para definir mais precisamente qual será sua postura à frente das votações. “Vamos conversar com os companheiros e ver o que é melhor para o Estado”, disse.

Entre as matérias encaminhadas pelo governo do Estado à Assembleia, estão as novas emendas para a LDO (Lei de Diretrizes Orçamentárias) e as Medidas Provisórias para garantir as mudanças administrativas nas secretarias de Estado.

No entanto, mesmo antes da conversa com sua base política, o deputado frisou que não se vê como situação e nem oposição ao novo governo neste primeiro ato das discussões e votações.

Fábio Martins frisou que o quarto mandato de Siqueira Campos (PSDB) está apenas começando e que precisa respeitar a decisão do povo em eleger os mandatários. “Ele (Siqueira) está começando um governo e vamos ver o que é viável, e o que está certo”, completou.

Quando questionado se seu posicionamento seria suprapartidário, o deputado foi enfático ao confirmar que sim. “Justamente”, frisou.

Base de Gaguim e orçamento

Vale ressaltar que o deputado é de um partido que compôs a base da candidatura do então governador do Estado, Carlos Henrique Gaguim (PMDB) nas eleições de 2010. Seu posicionamento poderá definir, juntamente com os demais deputados que não terão mandato vigente a partir do dia primeiro de fevereiro, as alterações propostas por Siqueira no Orçamento estadual.