Polí­tica

Foto: Benhur de Souza

O deputado estadual Sandoval Cardoso (PMDB) afirmou ao Conexão Tocantins que os parlamentares do partido vão se reunir como presidente do PT, Donizeti Nogueira para firmar a composição no grupo da oposição.

Treze parlamentares da oposição se reuniram na residência da deputada Solange Duailibe (PT) na noite desta segunda-feira, 17, mas segundo o deputado ainda paira a dúvida por parte da direção da legenda.

“Ontem estávamos buscando uma forma de divisão de cargos da mesa, foi basicamente em torno disso. O PT se mantém no grupo dos 14 mas abre diálogo com todos os lados, estamos vendo o que ficaria confortável pelo partido”, salientou.

O peemedebista frisou ainda que os deputados da legenda, Amália Santana, José Roberto Forzani e Solange Duailibe já demonstraram preferência de compor e apoiar um nome do grupo de oposição.

“O PT pode ter uma eventual acordo com os governistas o que seria um empobrecimento da ideologia do partido. A ideologia deles sempre foi contrária ao atual governo”, pontuou o deputado.

Grupo da situação

A eleição para a mesa diretora e presidência acontecerá no dia 1º de fevereiro. Sandoval frisou que tudo ainda depende da negociação que pode acontecer inclusive com o candidato governista.

“Eles ainda não falaram em candidato, mas o Democratas por exemplo não abre mão da presidência, como eles (os deputados do partido) mesmo colocam”, frisou.

O deputado disse que não tem ainda nenhum nome favorito para a presidência. “Isso depende muito da articulação”, disse.