Polí­tica

Foto: Divulgação

O deputado do PSDB, Freire Júnior é o nome indicado para a vice-presidência da Assembleia Legislativa no grupo governista. Sendo assim o PSDB terá duas vagas na mesa já que o presidente indicado, Raimundo Moreira também é da legenda.

Freire frisou que não houve nenhum impasse contra sua indicação por causa das vagas para o partido. “Não foi nem olhado essa questão foi mais um acordo feito onde o presidente era o Moreira e eu solicitei que gostaria de participar da mesa”, frisou.

Porém, Freire Júnior tinha pretensão de ser o candidato do grupo. “ Eu coloquei o nome para fazer consenso e evitar a disputa”, afirmou.

O deputado salientou ainda que o PT não quis indicar a vice-presidência. “O PT não quis a vice preferiram a primeira secretaria e a quarta”, frisou.

Do grupo estão na mesa ainda a deputada Luana Ribeiro (PR) e também Toinho Andrade (DEM) conforme afirmou ao Conexão Tocantins o secretário de Planejamento e Modernização Pública, Eduardo Siqueira Campos.

O tucano diz ter certeza da vitória e lembrou a decisão do PT na composição da mesa. “Tenho certeza da vitória”, afirmou.

Vagas abertas

O grupo governista, no entanto, ainda está aberto para conversar. Freire Júnior acredita na possibilidade de um entendimento entre oposicionistas e Siqueiristas. “Ainda há muito espaço para conversação. Espero que ainda haja entendimento com o grupo de oposição”, disse.

Para o deputado, o consenso pode evitar desgaste. “A mesa diretoria é só o primeiro passo para os longos desafios que ainda teremos na Casa. Oposição e Situação precisam estar imbuídos e dispostos a promover o fortalecimento da Assembleia”, pontuou.