Polí­tica

Foto: Divulgação

O diretório estadual do PT optou por não abrir a discussão da candidatura da deputada estadual da legenda, Solange Duailibe.

Por mais de horas, dentre contras e a favor o partido não quis reabrir a discussão. Na defesa da abertura do diálogo esteve o vereador Ivory de Lira, além do suplente Pastor Claudemir e ainda o ex-secretário do prefeito Raul Filho (PT), Jânio Washington.

Já o prefeito José Santana Neto de Colinas do Tocantins e ainda Leontino Pereira além de Arlindo Almeida defenderam por três minutos a não abertura do diálogo.

Alguns petistas insatisfeitos deixaram a reunião após a definição.O partido pode se reunir na próxima segunda-feira caso aconteça um fato novo em torno do assunto.

O acordo

Os petistas anunciaram em nota na última quinta-feira, 27, o apoio ao candidato governista Raimundo Moreira (PSDB). Os cargos acertados para a composição da mesa foram a primeira e quarta secretarias.

A eleição será realizada no dia 1º após a posse da nova legislatura.

Para vice-presidência o nome indicado é do tucano Freire Júnior. Luana Ribeiro (PR) e ainda o democrata Toinho Andrade também deve compor a mesa.

Entenda

O PT abriu discussão com os dois grupos da Assembleia e teve abertura de ambos os lados para decidir os cargos da mesa. O presidente da legenda salientou no ínício da discussão que o critério foi espaço na mesa diretora o que pode estar ameaçado caso permaneça o empate de 12 a 12 em função do número de mandatos do grupo da oposição.