Polí­tica

Em entrevista após a reunião do diretório do PT na tarde deste sábado, 29, o presidente Donizeti Nogueira afirmou que a legenda vai lutar até a última instância para fazer a deputada Solange Duailibe (PT) entender a decisão da sigla e retirar a candidatura.

“Não desistimos de abrir diálogo com a companheira Solange e trazer ela para ficar com a posição do partido”, salientou.

Os nomes de quem vai ocupar a primeira e a quarta secretaria na mesa diretora só serão discutidos, segundo o presidente, após as tentativas de conversa com Solange, que é candidata da oposição.

Alguns membros do partido foram delegados para procurar a deputada Solange e o prefeito Raul Filho para comunicar a decisão. “O partido definiu que não vai voltar atrás nessa decisão”, reafirmou.

Com relação à possibilidade do grupo da situação que tem Raimundo Moreira como candidato não conseguir assegurar os cargos do partido na mesa diretora o presidente deixou claro que é obrigação dos Siqueiristas garantir as vagas do partido, conforme o combinado.

Motivos

O principal motivo, segundo o presidente, é o fato da candidatura da Solange ter sido articulada depois da decisão já tomada pela legenda. “ O PMDB negou a cabeça de chapa”, salientou .