Polí­tica

Foto: Divulgação

O presidente do PT no Tocantins, Donizeti Nogueira salientou ao Conexão Tocantins que o partido está observando as ações e pronunciamentos do prefeito de Palmas, Raul Filho (PT) e que se preciso tomará as medidas necessárias dentro do que prevê o Estatuto da legenda.

Questionado como o partido está lidando com as declarações pesadas do prefeito com relação à presidência, Donizeti disse que tanto Raul como a deputada Solange Duailibe (PT) não estão levando em conta as orientações da legenda. “Estamos observando e vendo as movimentações deles. Se preciso tomaremos as providências dentro do que compete o partido”, disse.

O partido não pretende tentar uma reaproximação com o prefeito nem com a deputada que já anunciou que deixará os quadros da legenda.

Raul, que sofre um processo interno por infidelidade partidária, afirmou ao Conexão Tocantins que o partido virou negociata e moeda de troca.

Explicações já dadas

O prefeito Raul encaminhou documento à direção nacional da legenda onde solicitou explicações de Donizeti com relação à eleição da Assembleia Legislativa onde o partido não ficou com nenhum cargo na mesa diretora mesmo negando apoio à Solange como candidata à presidência do partido.

Donizeti, que passou a última semana em Brasília, disse que a direção nacional não solicitou nenhuma explicação. “Todas as explicações já foram dadas antes. Não há mais nada que ser explicado”, frisou o presidente.