Polí­tica

Foto: Dicom/AL

Em entrevista após o término da sessão ordinária da Assembleia Legislativa na tarde desta quarta-feira, 16, o deputado Stálin Bucar (PR) confirmou que permanecerá na oposição ao governo Siqueira Campos (PSDB), mesmo depois da convocação do senador João Ribeiro (PR) na última quinta.

De acordo com o deputado, sua permanência na base oposicionista se dá pelo fato de ter sido eleito na oposição. “Vou manter minha coerência. Vou permanecer na oposição fazendo as minhas críticas ao governo e cobrando sempre que eu achar necessário”, completou.

Bucar ainda informou que já informou sua decisão com o senador que o convocou a fazer parte da base siqueirista na AL. O deputado destacou ainda que Ribeiro virá a Palmas amanhã para se reunir com ele e finalizarem a situação. “Nós já conversamos. Amanhã, inclusive, nós vamos nos reunir novamente e vamos conversar sobre o convite que ele me fez”, disse.

O deputado do PR destacou que compreende o convite feito por Ribeiro, mas precisa manter a coerência pela qual foi eleito. “Ele vai ter que entender a minha situação. Eu aderir à base do governo é praticamente impossível”, disse.

Situação da oposição

Stálin lembrou do equilíbrio de forças que passa a Assembleia Legislativa nesta legislatura. “O grupo está fechado. Se um deputado qualquer sair, prejudica todos os outros”, frisou.