Polí­tica

Foto: Clayton Cristus

Em entrevista concedida após o retorno da sessão no início da tarde desta quarta-feira, 2, na Assembleia Legislativa, a deputada Josi Nunes, líder do PMDB na Casa, comentou sobre a entrevista do líder de governo, deputado Freire Junior (PSDB), líder de governo na Casa, concedida ao Conexão Tocantins na qual ele confirmou articulação junto à bancada governista para esvaziar as sessões nesta semana.

A deputada considerou lamentáveis as declarações do tucano e destacou que o verdadeiro papel de um líder de governo é priorizar o diálogo entre as bancadas dentro da Casa de Leis. “O trabalho que o governo tem que fazer é articular cansativamente com a oposição para se chegar a um consenso”, completou.

Sobre a ação de esvaziar o plenário, Josi destacou que este não seria o caminho correto a seguir em uma questão delicada como a Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO). “É lamentável uma situação como esta. O governo que vem solicitando celeridade na votação da LDO”, disse.

A líder do PMDB ainda frisou que, apesar de comum, a obstrução de matérias não é uma prática correta para se chegar a um consenso entre bancadas de deputados. “O que tem que ser feito não é um trabalho de esvaziamento, ou obstrução. Apesar de a obstrução ser um mecanismo. O caminho é gerar um consenso”, ponderou.

LDO para depois do carnaval

Depois de duas sessões sem presença da bancada de governo, é possível que as mudanças na LDO sejam analisadas somente depois do carnaval. Josi confirmou a situação e frisou que isso se deu justamente pela ausência da bancada de governo. “Vai acontecer isso. Nem ontem e nem hoje nós tivemos o número de deputados para votação”, completou.

Mais uma vez a deputada destacou que é preciso que as bancadas cheguem em um consenso para se aprovar a LDO. “Nós temos que construir um consenso e isso é de maior responsabilidade do governo do que da oposição”, disse.