Polí­tica

Foto: Divulgação  Ministro das Comunicações, Paulo Bernardes Ministro das Comunicações, Paulo Bernardes

Aproveitando Audiência Pública que o ministro das Comunicações, Paulo Bernardes participou no Senado Federal, o senador João Ribeiro (PR) pediu ao ministro "prioridade absoluta do seu Ministério" para autorização das TVs públicas para as Assembléias Legislativas, especialmente a do Tocantins. "Não é justo que alguns Estados tenham a sua TV Assembleia, mas não todos" disse João Ribeiro.

TV Assembleia

Ao defender a importância da TV Assembléia para o Tocantins, João Ribeiro ressaltou o aspecto da divulgação do trabalho da Assembleia Legislativa do Estado e da produção de programas regionais, não comerciais. A TV Assembléia também cumpre a tarefa de levar à população os programas educativos e não-comerciais distribuídos gratuitamente por outras TV´s educativas e publicas com a própria TV Senado, explicou o senador tocantinense com o consentimento do ministro.

Compartilhamento de Infraestrutura de empresas de Telefonia Celular

"Outra questão que considero extremamente grave e que a gente precisa resolver definitivamente, senhor ministro, é a dificuldade que temos, no Tocantins, de termos de usar diversas operadoras de telefonia celular ao mesmo tempo. No Tocantins, nós temos três ou quatro operadoras que não se comunicam entre si. Situação que não pode mais perdurar", reivindicou o senador.

Todos os municípios hoje têm telefonia celular, mas para viajar num raio de 50 km, tem que ter três ou quatro aparelhos ou chips diferentes, explicou João Ribeiro, exemplificando que quando viaja pelas cidades do Estado, tem que andar com uma relação de nome do município/operadora para saber qual aparelho de telefone celular deve fazer funcionar."Não sabia que senador tinha de andar com mais de um celular"

O ministro Paulo Bernardes se espantou com a situação das operadoras de telefonia celular no Tocantins. "Para falar bem a verdade, só fui descobrir esta situação depois que virei Ministro das Comunicações. Confesso que eu não sabia que há senadores que andam com três ou quatro celulares em seus Estados", revelou o ministro ao senador João Ribeiro.

Depois de reconhecer que apenas recentemente teve completo entendimento da questão, o ministro explicou que o governo deverá incentivar ainda mais o compartilhamento de infra-estrutura entre operadoras, pois a dificuldade de instalação de antenas em cidades pequenas é real. "Geralmente, para colocar uma antena, tem briga: junto ao Poder Executivo Municipal, na Câmara de Vereadores, com o proprietário do terreno onde a antena deve ser instalada e ainda tem o problema ambiental", explicou. Paulo Bernardes prometeu chamar a Anatel para "apertar" as empresas. "Elas terão de compartilhar a infra-estrutura para resolver problemas como este do Tocantins", sentenciou o ministro.

Fonte: Assessoria de Imprensa/ João Ribeiro