Economia

Foto: Koró Rocha

A Associação Brasileira de Bares e Restaurantes, seccional Tocantins, (Abrasel-TO) apresentou vídeo institucional para os parlamentares tocantinesenses durante a sessão ordinária da manhã desta quarta-feira, dia 23 na Assembleia Legislativa.

Os representantes da entidade buscam apoio para aprovação do requerimento apresentado pelo deputado José Geraldo de Melo Oliveira (PTB) que propõe a redução do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Prestação de Serviços (ICMS) nas operações de bares e restaurantes do Estado.

José Geraldo pediu apoio aos colegas para que possam avançar na discussão e obter a vitória. “A medida vai trazer ampliação da geração de emprego e renda”, acrescentou o parlamentar.

A presidente da entidade, Rosa Eufrásio Chaves, destacou a importância da medida que permitirá aos empresários investirem na qualificação da mão-de-obra, beneficiando a população tocantinense. “Palmas tem muita carência de mão-de-obra especializada e hoje os empresários não têm condições de fazer esse investimento”, ressaltou a empresária.

O vice-presidente da Abrasel, Luis Felipe justificou que a taxa do imposto em todo o Brasil é de 4% e que alguns Estados, como Rio de Janeiro, Minas e o Nordeste, já reduziram para 2%, enquanto as empresas tocantinenses pagam 17% sobre suas operações.

Para endossar o pedido, representantes de restaurantes, bares e hotéis da capital Palmas e de diversos municípios participaram da sessão.

Fonte: Dicom/AL