Polí­tica

Foto: Divulgação

Conscientizar a mulher sobre a importância de se discutir política e fazer parte dos poderes legislativo e executivo, fortalecendo assim o Partido da República (PR) em todo o país, foi o assunto tratado no primeiro encontro do PR Mulher do Tocantins, que tem como presidente a deputada estadual Luana Ribeiro (PR). “A partir de hoje onde tiver PR vamos estruturar e na próxima eleição vamos ter muitas mulheres eleitas. Tínhamos que dar o primeiro passo para alcançarmos o equilíbrio”,disse a deputada que ressaltou também a importância da instalação do PR Mulher de Palmas, cuja presidente é Marttha Ramos.

“As mulheres são muito melhores, por isso têm o nosso apoio. Vamos fortalecer o partido através das mulheres”, disse o secretário geral do Partido da República e deputado federal, Valdemar Costa Neto acrescentando que o PR foi o partido que mais cresceu na última eleição, antes tínhamos 23 deputados federais agora temos 41. “Vamos crescer ainda mais com o movimento das mulheres, com este investimento maciço vamos deixar os outros para traz”, enfatizou o deputado.

Já a presidente nacional do PR Mulher, Nilmar Ruiz lembrou as conquistas femininas com o passar dos anos. “A realidade mudou por nossa vontade, pela nossa coragem. Temos que lutar para que não haja violência, lutar por espaços em instâncias de decisão”, observou. Ela ressaltou ainda que Dilma Rousseff como presidente do país é apenas o primeiro passo. “Com o apoio do Valdemar, senadores, o PR vai fazer a diferença e vamos mudar a realidade neste país”.

O presidente do PR regional, senador João Ribeiro, reforçou os trabalhos que estão sendo feitos pelas mulheres republicanas e reforçou seu apoio ao movimento. “Meu apoio às mulheres, ao PR Mulher Nacional e, sobretudo ao movimento do Tocantins será constante. O PR vai crescer ainda mais nas eleições municipais.”

Convidadas

A deputada federal Maria Gorete Pereira (CE) lembrou que a mulher é a maioria da população, 52%, no entanto, ainda tem pouca participação nos cargos políticos. “De 513 deputados federais somos apenas 47. Só podemos crescer se mudarmos as leis. Não adianta apenas gritar em praça pública temos que trabalhar no parlamento aonde se as leis são feitas.”

A deputada federal Liliam Sá (RJ), que também prestigiou o evento, disse que as mulheres têm que galgar profissões que antes eram proibidas, como a política. “O PR tem que fazer um engajamento para discutir políticas públicas para mulheres”. Frisou.

Compareceram ao evento deputados estaduais, prefeitos, primeiras-damas e representantes femininas de diversos municípios. Além disso, a primeira reunião do PR Mulher do Tocantins teve em sua programação apresentações artísticas com a cantora Juliana Maia e com os alunos da Universidade da Maturidade.

Fonte: Assessoria de Imprensa/ Luana Ribeiro

Por: Redação

Tags: João Ribeiro, Luana Ribeiro, Nilmar Ruiz