Educação

Foto: Divulgação

Entre os diversos assuntos abordados durante a Reunião Ordinária do Consed, realizada nesta terça-feira, 29, em Palmas, temas como a Prova Nacional de Concurso para o Ingresso na Carreira Docente e uma proposta de erradicação da evasão escolar nos estados, estiveram em pauta.

Em relação à prova, a presidenta do Inep, Malvina Tuttman, apresentou a estrutura sugerida para a aplicação da prova, que tem como objetivo auxiliar os estados na seleção de professores. Apesar do ingresso na carreira de docente por via de concurso já ser determinado pela Constituição, segundo a presidenta, realizar tais processos seletivos demanda um custo elevado para os estados. “A prova oferece uma redução dos custos para as redes de educação, uma vez que a elaboração e o resultado serão de responsabilidade do Inep”, esclareceu.

De acordo com a presidenta, a prova não será utilizada como avaliação, mas servirá como subsídio para a elaboração de políticas de formação continuada para professores recém-contratados. O início do processo de elaboração e revisão das provas está previsto para o mês de julho. A adesão dos estados está prevista para o final de 2011 e aplicação da prova para julho de 2012. Os resultados devem ser divulgados em setembro do mesmo ano, podendo ser utilizado no ano letivo de 2013. “Pode parecer um período extenso, mas queremos fazer tudo com os pés no chão, de maneira que possamos fazer um concurso sem erros”, pontuou Malvina Tuttman.

Evasão e educação no campo

O combate à evasão escolar foi apontado pela secretária de Educação Continuada, Alfabetização, Diversidade e Inclusão, do ministério da Educação (Mec), Claudia Dutra, como um desafio de todos os estados a ser enfrentado em conjunto. “É preciso buscar o fortalecimento das redes de acompanhamento, monitorando a baixa freqüência e visando a eliminação da evasão nas escolas”, disse.

Em seu discurso Claudia Dutra apresentou ainda a proposta de implementar a partir deste ano, uma nova política de Educação no Campo, que propõe a reorganização curricular e pedagógica desta modalidade de ensino. As melhorias no transporte e nas estruturas físicas das escolas também fazem parte das metas. “Não podemos deixar de dar uma atenção especial para os indicadores que mostram a evasão também no campo (nas escolas). Precisamos de medidas que melhorem a condição do ciclo ensino aprendizagem”, concluiu.

Encerrando os trabalhos da manhã o secretário Danilo de Melo agradeceu a presença dos demais secretários e os presenteou com cestas de Capim Dourado, artesanato regional, recheadas com o famoso bolo “amor perfeito”. No período da tarde, a partir das 15h, os membros do Consed fazem visita ao Colégio de Tempo Integral Rachel de Queiróz e à Escola de tempo Integral Eurídice de Melo.

Estão participando da primeira reunião da nova diretoria do Consed – Conselho Nacional de Secretários de Educação, representantes dos 26 estados e do Distrito Federal. Na abertura do evento que tem como tema “Os desafios da nova gestão”, estiveram presentes o governador Siqueira Campos o ministro interino da Educação José Henrique Paim. A reunião acontece até quarta-feira, 30, no Hotel Pousada dos Girassóis em Palmas.

Fonte: Seduc