Polí­tica

Foto: Divulgação Senadora Kátia Abreu deverá ser um dos ícone da nova legenda ao lado do prefeito de São Paulo, Gilberto Kassab Senadora Kátia Abreu deverá ser um dos ícone da nova legenda ao lado do prefeito de São Paulo, Gilberto Kassab

A senadora Kátia Abreu e os deputados estaduais do DEM, Toinho Andrade e Osíres Damaso, além de outras lideranças do partido se reúnem nesta sexta-feira, 1º, com membros do partido para discutir as articulações para possível ida para o Partido Social Democrático (PSD), ainda a ser criado.

A senadora, conforme afirmou ao Conexão Tocantins o deputado Toinho Andrade já está com a decisão tomada de deixar o Democratas e aderir ao novo partido, no entanto, alguns aliados ainda definem se acompanharão a mudança. Toinho já confirmou que acompanhará a senadora.

Damaso, por exemplo, frisou que pretende analisar ainda como será o novo partido para tomar a decisão.

O vice-governador do Estado, João Oliveira, também consulta sua base eleitoral e aliados mais próximos para definir se também deixará o partido ou não.

No Tocantins, a senadora deverá ser o ícone da nova legenda e inclusive o prefeito de São Paulo, Gilberto Kassab deve vir à Palmas para tratar da estruturação da nova legenda. Prefeitos e vereadores ligados à senadora também deverão decidir se acompanham a senadora na decisão.

O deputado federal do Democratas, Irajá Abreu também analisa se também mudará de legenda que no Estado poderá ter como filiada também a deputada hoje do PT, Solange Duailibe.

O senador José Agripino é o presidente nacional do Democratas. Para a nova legenda conseguir o registro no TSE (Tribunal Superior Eleitoral), é preciso cerca de 500 mil assinaturas de eleitores.

Kassab que já anunciou a fundação da legenda mas continua filiado ao DEM frisou que o PSD será independente.