Estado

Foto: Divulgação

De olho nas centenas de exposições e expressões artísticas do Estado de São Paulo, o secretário da Educação do Tocantins, Danilo de Melo Souza, participou de um encontro com a chefe de Gabinete da Secretaria Estadual de Cultura capital paulista, Marília Marton, para falar do interesse do Estado do Tocantins em contar com a parceria do órgão para levar as exposições itinerantes e os espetáculos para a Flit - Feira Literária Internacional do Tocantins.

São espetáculos musicais, de dança, obras literárias, pinturas, esculturas, objetos, desenhos, dentre outros projetos culturais apreciados pelo mundo inteiro que poderão ser vistos pelo público da Flit. Marília Marton avaliou o projeto da Feira e antecipou ao secretário Danilo que é totalmente viável agendar algumas apresentações na programação do evento. “É fantástico a forma que o Governo do Tocantins está planejando a Feira. A variação de espaços culturais e a dimensão que o evento vai ser incrível”, disse impressionada com a proposta da Flit.

Exposições para o Tocantins

Aproveitando a estadia em São Paulo o secretário foi ainda ao Museu da Língua Portuguesa, no Catavento Espaço Cultural da Ciência e no Museu Brasil Afro. Em cada um desses lugares Danilo de Melo apresentou o projeto da Flit e conversou com os dirigentes sobre dos espaços de conhecimentos científicos e culturais que os museus dispõem que poderá ser adicionada a programação da feira. “Com o apoio do Governo de São Paulo queremos inserir na sétima edição da Feira Literária diversas exposições culturais que vão aprimorar o desenvolvimento sócio-cultural da população tocantinense”, explica Danilo o motivo da visita.

Segundo o secretário a tarefa da organização do evento literário é buscar atividades culturais e educacionais que promovam o conhecimento da literatura, da ciência, do espírito criativo e da elevação de atitudes sociais para o público.

Do Museu da Língua Portuguesa, por exemplo, os visitantes da Feira, este ano, poderão conferir a exposição “Língua Viagem – em português todos se encontram”, uma versão itinerante do Museu da Língua Portuguesa, que reúne todo seu acervo multimídia em novos totens interativos.

Fonte: Assessoria de Imprensa/ Seduc