Polí­tica

Ainda não está oficialmente confirmado mas a deputada estadual Solange Duailibe e os vereadores Ivory de Lira e Milton Neris, todos do PT analisam a possibilidade de deixar os quadros do PT e aderir ao Partido Social Democrático (PSD).

Solange está em fase final de conversa com a senadora Kátia Abreu (DEM) para a possível adesão e os vereadores já demonstraram intenção de acompanhá-la assim como o prefeito de Palmas, Raul Filho.

Para o presidente regional do PT, Donizeti Nogueira, não há justificativa para os vereadores deixarem a legenda. “Penso que é natural, cada um planta o que colhe, lamento a postura dos companheiros”, disse.

O presidente afirmou que conversou várias vezes com Ivory sobre o assunto. Já com relação a Milton Néris, que é líder do prefeito na Câmara de Palmas, Donizeti salientou que o vereador não tem equilíbrio para viver o processo democrático.

A justificativa de Neris para deixar a legenda é a postura de Donizeti à frente da legenda.

O presidente frisou que se os membros deixarem o partido, o PT vai procurar mecanismos legais para buscar os mandatos na justiça.

Outros membros do partido devem deixar a legenda junto com Solange e Raul, conforme afirmou a deputada petista.

Reaproximação

O presidente salienta que o partido teve total dedicação para buscar o diálogo com os membros. Porém o PT não tentou reaproximação com a deputada Solange que afirmou por várias vezes que foi discriminada na legenda já que não teve o apoio dos deputados do partido na eleição da Assembleia Legislativa em fevereiro. “Não houve reaproximação com a Solange porque ela já manifestou que vai sair”, disse.