Educação

Foto: Divulgação

Durante a tarde desta terça-feira, 12, o secretário estadual da Educação, Danilo de Melo Souza, recebeu, no próprio gabinete, o presidente do Sindicato dos Trabalhadores em Educação no Estado do Tocantins (Sintet), José Roque Rodrigues Santiago, que estava acompanhado de uma comitiva.

Dentre os vários assuntos discutidos durante o encontro, o segundo em menos de dois meses, Danilo de Melo ressaltou o concurso da Educação, anunciando que estão previstas duas novas convocações para o quadro, uma entre o final do mês de abril e o início do de maio, e outra entre maio e junho, o que foi comemorado pelos representantes da categoria.

“Em nosso último encontro, ainda em março, nós havíamos combinado este retorno, para darmos prosseguimento a algumas discussões relativas ao plano de carreira dos educadores, à estrutura curricular, à carga-horária, à política de formação continuada, e, inclusive, às convocações do concurso, dentre outros. Estamos muito satisfeitos com esta agilidade, com esta abertura para dialogarmos de forma prática, respeitando os pontos definidos e dando foco a ações e resoluções”, afirma o presidente do Sintet, Roque Santiago.

Conforme explica o secretário Danilo de Melo, ainda não é possível se afirmar qual será o quantitativo exato das próximas convocações, mas elas virão para atender às demandas existentes, atendendo a todos os segmentos.

“Nós só poderemos divulgar o número de convocados a partir do fechamento do estudo de demandas, pois nada adianta termos excedentes, impactando a folha. Os processos mais adequados de negociação devem visar o benefício dos contribuintes, que terão a certeza de que os filhos são atendidos por uma Educação de qualidade, dos servidores, que receberão os amparos necessários, e do próprio governo do Estado, que conseguirá executar os planos traçados, trazendo a melhoria desejada para a população”, destaca Danilo de Melo.

Diálogo aberto

Ainda de acordo com o secretário da Educação, a Seduc estará sempre receptiva para ouvir a categoria, e que novos encontros, certamente, virão a ocorrer. “Quando houver alguma demanda, basta que ela seja formalizada e trazida a nós, através de uma proposta clara, para que possamos dialogar abertamente e buscar as resoluções cabíveis, traçando metas e determinando normativas, quando necessário. Nossos encontros com o Sintet serão constantes; eu até sugeri que o sindicato forme uma comissão de diretores para visitarmos algumas unidades de tempo integral do Estado, para que eles conheçam a realidade desta modalidade, que será a de todo o Tocantins futuramente, considerando-se as prioridades deste novo mandato do governador Siqueira Campos”, argumentou Danilo de Melo

Fonte: Assessoria de Imprensa/Seduc

Por: Redação

Tags: Danilo de Melo Sousa, Roque Santiago, Sintet