Polí­tica

Foto: Divulgação

O vereador republicano, Lúcio Campelo, teve dois requerimentos que cobram da Prefeitura de Palmas a revitalização e a instalação de semáforos na Avenida Tocantins, em Taquaralto, aprovados por unanimidade na sessão desta quinta-feira, 14, na Câmara de Palmas. O parlamentar explicou que a avenida é uma das principais vias da região, com um trânsito intenso. Acidentes envolvendo veículos e pedestres são comuns no local, o que despertou a preocupação do vereador.

Em um de seus pleitos, Campelo requer que seja feita a revitalização da avenida. O requerimento solicita a reestruturação da sinalização horizontal e vertical do local, orientando os motoristas sobre os limites da via e locais de ultrapassagem. “A situação na Avenida Tocantins está colocando em risco as pessoas que trafegam pelo local. A sinalização tem um papel importante na garantia de um trânsito mais seguro, orientando aos motoristas sobre comportamentos a serem seguidos”, destacou.

Ainda sobre a proposta de revitalização da avenida, Campelo argumenta que uma sinalização no local junto com um projeto de paisagismo auxiliará no potencial turístico de Palmas, principalmente com deslocamento freqüente de turistas para o distrito de Taquaruçu. “Palmas tem anseios de cidade turística, portanto é necessário iniciar um conjunto de ações que a qualifique como tal. A princípio, investir no paisagismo é uma dessas ações”, pontuou.

Campelo também se mostrou sensibilizado e preocupado com os constantes acidentes nas faixas de pedestre da avenida e solicitou em seu segundo requerimento que sejam instalados semáforos na avenida. “Toda semana presenciamos ou temos noticia de um acidente na Avenida Tocantins. O mais comum é que um motorista para na faixa de pedestre, e o motorista que vem atrás não vê e acaba colidindo”, explicou.

O vereador terminou sua argumentação ressaltando que é de suma importância o atendimento destes requerimentos, pois irá melhorar o trânsito no local e dar mais acessibilidade às pessoas, tendo como conseqüência a diminuição drástica do numero de acidentes.

Fonte: Assessoria de Imprensa/ Lúcio Campelo