Estado

O Ministério Público Estadual (MPE) formulou denúncia na última quarta-feira, 13, contra quatro homens supostamente responsáveis pelo assalto a uma agência do Banco do Brasil, ocorrido em Taguatinga no ano passado.

Michael Solom Costa Guimarães, Francisco Nery da Silva, Raimundo Nonato Gomes Junior e Vanderlei são acusados de sequestrar a esposa e os dois filhos do gerente do Banco do Brasil no município, Charlys Fernandes Reis, e em seguida pedir pagamento de R$ 300.000,00 para libertá-los.

De acordo com a denúncia, assinada pelo promotor de Justiça, Luiz Antônio Francisco Pinto, no dia 14 de dezembro do ano passado, os quatro homens invadiram a residência de Charlys Fernandes Reis e, com uso de arma de fogo, intimidaram e conduziram seus familiares a um cativeiro localizado às margens da rodovia TO-010, próximo à saída para a cidade de Aurora do Tocantins, onde permaneceram acorrentados. Charlys foi levado a uma agência e obrigado a sacar a quantia exigida, que foi entregue no local determinado pelos criminosos, às margens da BR 242, próximo à cidade de Luiz Eduardo Magalhães (BA).

Fonte: Assessoria de Imprensa/ MPE