Palmas

Foto: Fernando Alves

A definição do local, a data de realização e o edital para o campeonato dos quadrilheiros foram os assuntos pontuados em reunião ocorrida na tarde da última quarta-feira, 13, na sala Sinhozinho do Espaço Cultural José Gomes Sobrinho. A data provável para a realização do 19º Arraiá da Capital será de 23 a 26 de junho.

Estavam presentes a presidente da Fundação Cultural de Palmas (FCP), Kátia Maia, os vereadores Folha e Lúcio Campelo, o presidente da Comunidade Junina de Palmas (Cojupa), Wilson Alves, o presidente da Federação de Quadrilhas Juninas do Tocantins (Fequato), Cláudio Maranhão e representantes das agremiações juninas de Palmas.

A presidente da FCP Kátia Maia explicou que será montada uma comissão organizadora que será responsável pela elaboração do edital de competição das quadrilhas. “Vamos ter todo um cuidado com o concurso junino, todas as regras serão especificadas no regulamento do edital, para que haja um processo transparente” disse.

Kátia Maia falou ainda sobre a importância dos grupos juninos para a capital. “Através do Arraiá da Capital nós fortalecemos o movimento junino, porque esta é uma festa grande que já é tradição na cidade e ganhou uma dimensão além do esperado, por isso nós não queremos perder o foco do que é este evento, que oferece entretenimento para a população” destacou.

Sobre o local da festa, ainda não houve definição, foi sugerido três opções: no estacionamento do Ginásio Ayrton Senna, na feira do aureny III e no Parque do povo. Segundo o vereador Lúcio o Arraiá da Capital é a maior festa popular da história de Palmas e possui o maior número de membros das agremiações juninas na região sul. “Por este fato de grande relevância, defendo a idéia de que a festa continue sendo realizada em Taquaralto ou Aureny” argumentou o vereador.

Fonte: Ascop