Economia

Foto: Divulgação

Os contribuintes que ainda não declararam IR - Imposto de Renda 2011, que tem como base o ano de 2010, devem apressar para acertarem as contas com o leão, o prazo termina nesta sexta-feira, 29, às 23h59min59s.

Conforme o presidente do CORECON-TO – Conselho Regional de Economia 25ª Região Tocantins, economista Vilmar Carneiro Wanderley, apesar de o contribuinte ter pouco tempo para fazer a declaração, é muito importante fazer corretamente e no tempo determinado, caso contrário pode sofrer penalidade. “Multa pelo atraso pode ser onerosa, conforme for o nível de renda do contribuinte. Se o contribuinte perceber que cometeu algum erro, pode fazer uma declaração retificadora e enviar para a Receita Federal, a declaração retificadora substitui em absoluto a originária”, destaca o presidente.

O presidente aconselha ainda quem teve algum problema este ano, e quer facilitar a entrega da declaração em 2012, é preciso tomar algumas providencias. “A melhor e mais importante providência é a organização dos papéis que serão úteis na DIRPF - Declaração de Imposto de Renda Pessoa Física. O contribuinte deve fazer uma pasta, selecionar e guardar todos os documentos durante o ano”, aconselha Vanderley.

Foi o que fez este ano, a enfermeira Ivani Helfenstens, segundo ela desde o inicio de 2011, procurou orientações com um contador, isso facilitou no momento de declarar. “No inicio do ano fiz uma prévia, guardei todos os documentos separados, numa pasta só de documentos referentes à Imposto de Renda, quando chegou o dia foi tudo tranqüilo”, destaca a enfermeira.

Quem não declarou pode pagar multas:

Quem não declarar até amanhã, terá que pagar multa de no mínimo R$ 165,74 e no máximo 20% do imposto devido.

É importante lembrar que este ano as declarações não podem ser feitas em papel, somente via internet através do sistema oficial da receita, e em disquete, que deve ser entregue nas agências do Banco do Brasil ou da Caixa Econômica Federal.

Ritmo das declarações

Nesta quarta-feira, 27, o ritmo de entrega de declarações de Imposto de Renda Pessoa Física, por hora, chegou a 148,51, totalizando 17,5, milhões de entrega até as 17h. A expectativa da Receita Federal é de que 24 milhões de contribuintes façam a declaração este ano.

Quem deve declarar:

→Quem recebeu em 2010 rendimento igual ou superior a R$ 22.487,25;

→. Quem recebeu em 2010 rendimentos não tributáveis ou tributados somente na fonte, em valor igual ou superior a R$ 40 mil;

→Quem vendeu ou comprou bens, como carros e imóveis, aplicou em bolsa de valores ou fez qualquer tipo de investimento;

→Quem tem imóvel, terreno, inclusive terra nua, com valor total ou superior a R$ 300 mil;
→. Estrangeiro que se mudou para o Brasil em qualquer mês e ainda era residente no País em 31 de dezembro;

→. No caso de atividade rural, quem teve receita bruta maior que R$ 112.436,25 e/ou pretende compensar, a partir do ano-calendário 2010, prejuízos de anos anteriores ou do próprio ano de 2010

Fonte: Assessoria de Imprensa Corecon