Polí­tica

Foto: Divulgação

O vereador Fernando Rezende (DEM) subiu à tribuna, na sessão desta terça-feira, 3, da Câmara de Palmas, com o intuito de esclarecer a questão partidária na qual está envolvido. Rezende lembrou ter optado por permanecer no Democratas em vez de seguir para o PSD, como outros políticos.

O vereador também gradeceu à senadora Kátia Abreu (DEM) e ao vice-governador João Oliveira (sem partido) e a todos que vão se filiar ao PSD pelos relevantes serviços prestados ao partido no Tocantins. “Tenho certeza de que a decisão deles foi a melhor para o Tocantins e para o Brasil”, disse Rezende.

Rezende ainda garantiu que a gestão da comissão provisória do DEM, da qual é secretário geral, será democrática e aproveitou para convidar Ivory de Lira (PT), para se filiar do DEM, “se estiver insatisfeito com o seu partido”, disse.

Debandada do DEM

O vereador Valdemar Júnior (DEM) reafirmou sua intenção de ir para o PSD, ressaltando a sintonia com que ele e Rezende sempre trabalharam na Câmara Municipal. “Não é a situação partidária que vai alterar nosso relacionamento de respeito, admiração e amizade. Na minha cabeça, mantenho a intenção de dar continuidade a nossa parceria na Câmara.” Sugeriu, ainda, a coligação DEM-PSD nas eleições do próximo ano.

Da redação com informações Assessoria de Imprensa da Câmara