Esporte

Foto: Divulgação Ministro Orlando Silva lendo material do Tocantins sobre a Copa do Mundo Ministro Orlando Silva lendo material do Tocantins sobre a Copa do Mundo

A iniciativa do Governo do Tocantins em se mobilizar para participar da Copa do Mundo de 2014 foi elogiada por secretários de esporte de vários estados brasileiros e palestrantes da reunião do Fórum Nacional dos Secretários e Gestores Estaduais de Esporte e Lazer, que aconteceu nesta quarta-feira, 04, no Rio de Janeiro (RJ). “Devemos descentralizar as ações e as atenções da Copa do Mundo de 2014. Todos os estados têm suas qualidades e devem participar de uma forma ou de outra do evento. O Tocantins está preparado e nós queremos fazer parte desta festa”, defendeu o secretário da Juventude e dos Esportes do Tocantins e vice-presidente do Fórum, Olyntho Neto.

Na ocasião, o secretário apresentou um vídeo que mostra o potencial das cidades de Palmas e Araguaína para serem subsedes da Copa em 2014. Um kit com o vídeo e informações adicionais sobre o Tocantins foi entregue a todos os participantes da reunião, inclusive ao Ministro do Esporte Orlando Silva, que demonstrou satisfação pelo material. A secretária de Esporte e Lazer do Rio de Janeiro e presidente do Fórum, Márcia Lins, parabenizou a iniciativa do Tocantins e reforçou ao Ministro a importância da participação de todos os estados na Copa do Mundo.

O coordenador de projetos da FGV – Fundação Getúlio Vargas, Pedro Trengrouse, responsável pela palestra com o tema: “Copa 2014 – Impactos e Oportunidades”, apresentou um estudo que mostra a estimativa de dinheiro que será injetado na economia do País. “Serão R$ 142 bilhões de reais adicionais na economia do Brasil, que vão gerar oportunidades de emprego e renda para todos os estados envolvidos”, explicou. Trengrouse também destacou a importância de uma copa sustentável que não agrida o meio ambiente e que disponha de grandes áreas verdes.

“Vamos fazer tudo para que uma parte desse dinheiro entre no Tocantins. De 2014 a 2018 cerca de 7,48 milhões de turistas virão pro Brasil, de acordo com dados apresentados aqui no Fórum, e vamos atrair boa parte deles ao Tocantins”, disse Olyntho Neto. No evento, também foram discutidas questões sobre os Jogos Mundiais Militares e uma melhor organização do Fórum, por meio de um novo estatuto.

O Ministro também afirmou que “todos estados devem ter centros de excelência em treinamento com o apoio do Governo Federal”, projeto que já está sendo formatado no Tocantins. A próxima reunião do Fórum Nacional dos Secretários e Gestores Estaduais de Esporte e Lazer vai acontecer no próximo dia 06 de julho na cidade de Natal (RN).

Lei de Incentivo ao Esporte

Também presente no Fórum Nacional dos Secretários e Gestores Estaduais de Esporte e Lazer, o diretor de Esporte Especializado da Sejuves, Lécio Guimarães, participou de uma palestra sobre as experiências da Lei de Incentivo ao Esporte no Rio de Janeiro. “Nosso trabalho aqui é absorver tudo que for de sucesso e aplicar no Tocantins. Queremos implantar a Lei de Incentivo ao Esporte, no Estado, de uma forma que atenda às nossas necessidades”, explicou Guimarães completando ainda que existe uma equipe do Governo empenhada desde o início do ano para desenvolver mecanismos eficientes da Lei de Incentivo ao Esporte tocantinense.

Fonte: Assessoria de Imprensa/Sejuves