Economia

A direção da Itafós Fertilizantes, que recebeu a licença de instalação do governo estadual no final do último mês de março, já anuncia que seis outras empresas, geralmente misturadores e transportadores, pretendem se instalar na área industrial de Arraias, em função da construção de sua unidade de produção de fertilizantes à base de superfosfato simples, a partir de jazidas de rocha fosfática existentes naquela região.

A empresa Itafós já havia explicado que seu empreendimento seria o embrião de uma série de indústrias, começando pelas empresas que usarão seu superfosfato simples na produção das misturas de fertilizantes. Para a chegada das novas empresas, aguarda-se os trâmites legais da criação e delimitação do Distrito Industrial de Arraias.

Outra preocupação é com a deficiência de energia elétrica, mas aponta que tal falha, será reparada com apoio do governo estadual, bastando a construção de uma nova linha de alta tensão em 138 kV que deverá ligar Dianópolis ao Distrito Industrial. Esta linha de alta tensão seguiria pela TO-110, percorrendo um total de 177km, passando pelos municípios de Arraias, Novo Alegre, Lavandeiras, Novo Jardim, Ponte Alta do Bom Jesus, Taguatinga, Aurora do Tocantins e Combinado – todos eles municípios carentes de abastecimento de energia de qualidade.

Fonte: Secom