Polí­tica

O vice- prefeito de Miranorte, Wellington Pereira (PSDB) entrou em contato com o Conexão Tocantins na tarde desta terça-feira, 10, para esclarecer as declarações do deputado estadual Stalin Bucar (PR) sobre a senadora Kátia Abreu (DEM) e que repercutiram no twitter.

Bucar foi na tribuna questionar a postura da senadora durante evento da abertura da Exposição Agropecuária de Miranorte que teve a participação de cerca de 3 mil pessoas. No evento publicamente o vice-prefeito cobrou recursos da senadora para o município.

“Eu é que estava na exposição. O prefeito Abrahaão Costa e Stalin Bucar foram agredidos por ela mas não estavam lá. Ela foi deselegante e eu não, chamei ela até de vossa excelência”, disse.

Na versão do vice-prefeito, ele fez apenas um pedido à senadora. “Pedi que ela colocasse emenda para Miranorte para que fosse feita uma obra e que ela estivesse junto conosco para entregar e ela disse que dinheiro dela não iria para mão de bandido, surrupiador e bebedor de cachaça”, afirmou.

Para o vice-prefeito, a senadora foi “deselegante e agressiva” na resposta a seu pedido. “Ela disse que eu não podia chamar a atenção dela em público porque ela é uma senadora mas não tem um recurso e nenhum tijolo dela em Miranorte”, pontuou afirmando que seu pedido tinha apenas o intuito de cobrar benefícios para a comunidade.

A reação da platéia, segundo o vice-prefeito, foi com vaias diante das declarações da senadora.

O assunto veio à tona após declaração de Bucar na Assembleia que pode até ser alvo de um processo por falta de decoro parlamentar em razão dos termos que usou em seu discurso.

A mando de Stálin

As declarações do vice-prefeito foram contestadas pelo filho da senadora Kátia Abreu, Iratã Abreu ao Conexão Tocantins. Como a senadora foi a última a discursar no evento, Iratã salientou que Bucar e Abrãao Costa estavam por trás do pronunciamento do vice-prefeito.

“Ele já estava mal intencionado em desmoralizar a senadora a mando do prefeito e do Stalin”, disse Iratã. Ele frisou que o vice-prefeito foi incisivo no discurso contra a senadora e que ela apenas respondeu à altura.

O vice-prefeito chegou a dizer inclusive que a sendora só ia no município em época de eleição no entanto a realição da Feira do município teve recursos conseguidos com ajuda da senadora através da senadora e do governo do Estado, argumentou Iratã.

Com relação às manifestações do público presente no evento, Iratã frisou que as pessoas reagiram favorável ás declarações da senadora em resposta ao vice-prefeito.

Iratã informou ainda que um advogado será consultado com relação às declarações do deputado Stalin na Assembleia hoje de manhã.