Educação

Foto: Priscila Cavalcante

Placas e troféus foram entregues na noite desta quarta, 11, às escolas vencedoras do Prêmio Construindo a Nação - edição 2010. A premiação, que aconteceu na sede do Sistema Fieto em Palmas e foi realizada pelo Serviço Social da Indústria – Sesi, disseminador do Prêmio criado pelo Instituto Brasileiro de Desenvolvimento da Cidadania. A ação tem o apoio da Confederação Nacional da Indústria e premia os melhores projetos voltados para a promoção da cidadania entre os alunos, desenvolvidos em escolas públicas e privadas.

No Tocantins, 12 escolas receberam as placas homenagens e troféus que representam a premiação do 1º, 2º e 3º lugar nas categorias Educação Infantil, Ensino Fundamental, Ensino Médio, Educação de Jovens e Adultos e Categoria Especial de Participação (Menção Honrosa). A gerente executiva do Sesi Tocantins, Rose Jaber abriu a premiação parabenizando o trabalho dos profissionais envolvidos no Prêmio que já está em sua 3ª edição no Tocantins. “A cada ano nós percebemos como este trabalho tem amadurecido em relação às parcerias que o Sesi procura e por meio dos projetos inscritos”, disse.

O ganho para a eliminação de gargalos da educação, como o desenvolvimento da escrita, possibilitados pelo Prêmio também foi destacado pela gerente. “Nós percebemos que hoje nós temos grandes profissionais, mas que têm dificuldade de escrever um projeto. E isso precisa ser estimulado desde a educação infantil” complementou.

O secretário municipal de educação em Palmas, Zenóbio Arruda, ratificou em seu pronunciamento a observação feita pela gerente executiva do Sesi. “Nós temos, na rede municipal e estadual, muitos projetos excelentes que estão guardados e não foram expostos ainda. Tinha um projeto em andamento e às vezes só faltava escrever e evidenciar”, explicou.

Representando o secretário estadual de educação, Danilo de Melo Sousa, a coordenadora Larissa Ribeiro destacou o ganho alcançado por meio do Prêmio Construindo a Nação. “Todo projeto que contempla ações voltadas para o incentivo da prática da cidadania, da semeadura de valores sociais com o envolvimento da comunidade é benéfico pra escola, uma vez que o projeto político da escola é voltado para a comunidade. O Prêmio reforça esse projeto da escola e tem como fruto ações de grande benefício para a comunidade e para o crescimento como cidadão do aluno, o que é muito positivo”, avaliou.

Diversos temas e ações foram trabalhados nos projetos vencedores como teatro, desfile e palestras sobre a reciclagem de lixo, conscientização sobre as eleições, emissão e esclarecimentos sobre documentos pessoais e preservação do meio ambiente.

A Escola Sesi Marlei Maria Moreira de Araguaina foi uma das premiadas em 1º lugar com o projeto O Lixo Nosso de Cada Dia na categoria Ensino Médio. Em Palmas, o Centro de Educação do Trabalhador do Sesi conquistou o 1º lugar pelo projeto Trabalho Consciência e Cidadania, desenvolvido pelos alunos da eja – Educação de Jovens e Adultos. (não postar em caixa alta).

Fonte: Assessoria e Imprensa