Cultura

Foto: Divulgação

A música popular orquestrada através da harmonia entre os instrumentos de sopro, cordas, percussão e teclados promete ser o grande atrativo da segunda edição 2011 do 5ª Cultural, projeto do Banco da Amazônia, realizado em parceria com a Prefeitura Municipal, por meio da Fundação Cultural de Palmas – FCP. A apresentação da Orquestra Buriti Band está marcada para as 19h30 desta quinta-feira, 19 no Theatro Fernanda Montenegro.

A apresentação faz parte da programação do aniversário de Palmas, e para ter acesso ao espetáculo musical, basta levar dois quilos de alimentos não perecíveis para serem doados a uma instituição de assistência social.

O músico Thiago Oliveira, integrante da Buriti Band fala sobre os atrativos do show. “Nossas apresentações são sempre permeadas de muita alegria, pois nosso repertório leva o público a uma viajem através dos ritmos que vão do Maxixe ao Jazz. Neste ano a Buriti Band apresenta arranjos de grandes nomes da música popular instrumental no Brasil como: Ademir Júnior, Rodrigo Morte, Nelson Faria, Gilson Peranzetta, dentre outros” comenta.

Buriti Band

A Buriti Band é um grupo de música instrumental criado no ano de 2005 pelo professor Thiago Carmo Oliveira, com o objetivo de valorizar o músico de Palmas, pesquisar e divulgar novos compositores e arranjadores, contribuindo assim de forma significativa para o crescimento profissional dos integrantes, formando platéias e conseqüentemente produzindo música de qualidade.

A formação da banda segue o padrão das Big Band’s Norte Americanas mesclando instrumentos de sopro, cordas, percussão e teclados, porém, o diferencial está no repertório,que, é sistematicamente voltado para a Música Popular.

Atualmente é composta por 15 integrantes sendo que 4 são professores do Centro de Criatividade e o restante atua na Banda de Música da Guarda Metropolitana, Banda de Música da Polícia Militar, dentre outras. (com informações da Orquestra).

O que é o projeto

O Projeto 5ª Cultural, teve início em agosto de 2000, em Belém - PA, de iniciativa e realização do Banco da Amazônia e em 2002 foi estendido para as 13 capitais onde o Banco atua. Foi criado para valorizar e promover a cultura regional, contribuir com o surgimento de novos talentos e sensibilizar a formação de novos públicos consumidores de cultura, o projeto 5ª Cultural é realizado em Palmas com a parceria firmada junto a Fundação Cultural de Palmas.

A ação reúne o social, cultural, econômico e filantrópico em um só projeto. Possui em seu histórico evidenciar a cultura como elemento de transformação social, de transmissão de conhecimento e de formação de censo crítico.
Os investimentos, geralmente realizados em grandes projetos culturais, ganham maior força institucional se for atrelado à causa social, como é o caso do 5ª Cultural, que durante esses anos, já arrecadou, aproximadamente, 1973 mil quilos de alimentos, em que 514 instituições foram beneficiadas, atendendo, aproximadamente, 52 mil pessoas.

No projeto já se apresentaram mais de 450 artistas, contribuindo para o surgimento de novos talentos, além de beneficiar instituições assistenciais e filantrópicas com os alimentos arrecadados nos eventos.

Fonte: Assessoria de imprensa Fundação Cultural de Palmas