Educação

Foto: Elias Oliveira

Começou nesta terça-feira, 25, a aplicação das provas do Salto, Sistema de Avaliação, Monitoramento e Valorização da Educação do Estado do Tocantins, nas unidades escolares pertencentes às Diretorias Regionais de Palmas, Araguaína, Guaraí, Miracema, Paraíso e Porto Nacional. As provas acontecem durante o período das aulas, nos três turnos e são direcionadas aos alunos do 5º e 9º ano do Ensino Fundamental e da 3ª série do Ensino Médio.

O período de avaliação da primeira etapa vai até 1º de junho nas escolas estaduais se estendendo até 03 de junho nas municipais. Os alunos terão 2 horas para responderem 40 questões, sendo 20 de português, com foco na leitura e interpretação, e a outra metade de matemática voltada para a resolução de problemas, conforme estabelece a matriz de referência da prova Brasil. Ao todo, serão avaliados cerca de 72 mil estudantes das redes estadual e municipal.

Na Escola Estadual Tiradentes, em Palmas, a aplicação das provas pela manhã foi avaliada pelos professores como tranquila, visto que todo o conteúdo questionado é referente às matérias já lecionadas. “Os alunos não tiveram muita dificuldade porque tudo já havia sido passado em sala, inclusive, a maioria dos alunos terminou a prova antes do prazo estipulado”, conta o professor de física, Pedro Carlos.

Para os estudantes a prova foi do tipo ‘surpresa’, para que a avaliação pudesse aferir os conhecimentos já existentes, o que segundo os educandos, não dificultou na hora de responder o teste. “Tomamos um susto quando descobrimos, mas foi tranquilo, só a de matemática que achei um pouco mais complicada”, relata Luanda Cavalcante que cursa o 3º ano do Ensino Médio na Escola Tiradentes.

Ana Izabel, também aluna do 3º ano, considerou a prova como uma oportunidade para testar o desempenho escolar. “Foi bom pra nós termos uma idéia de como estamos aprendendo. Acho que deveria acontecer mais vezes, principalmente pra nós que vamos fazer vestibular”.

Como funciona

A nova ferramenta vai permitir a análise em tempo real sobre o desempenho educacional, diagnosticando as deficiências, capacidades e direcionando ações corretivas e preventivas. A intenção do Governo é que, posteriormente, as avaliações sejam aplicadas em todas as séries dos Ensinos Fundamental e Médio, abrangendo as demais disciplinas lecionadas.

O objetivo da Secretaria Estadual de Educação é avaliar a qualidade do ensino e aprendizagem na Educação Básica do Tocantins, tanto na rede estadual como na municipal, com vistas para promover a modernização da gestão, e a melhoria dos indicadores educacionais do Estado nas avaliações externas, como Prova Brasil, Provinha Brasil e o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem).

Fonte: Ascom Seduc