Estado

Foto: Divulgação

O Programa Educacional de Resistência às Drogas e à Violência (Proerd), da Polícia Militar do Tocantins e o projeto “Educar com Arte”, da Associação Totó Porto (Asto) receberam do Consórcio Estreito Energia (Ceste) e Instituto Alcoa doações financeiras como incentivo ao trabalho que realizam. Com atuação no Estado do Tocantins, as atividades desenvolvidas pelos dois projetos atendem crianças e adolescentes regularmente matriculados na rede pública de ensino. Às duas instituições foi doada a soma de R$ 89 mil.

O diretor de Energia da Alcoa, Ricardo Sayão, explica que a Alcoa tem um braço que cuida de projetos sociais, o Instituto Alcoa, que completou 21 anos de existência, e investe em projetos onde a empresa tem atividade. “Como a Alcoa é uma das acionistas do Ceste, nós buscamos apoiar projetos na região”. Ele destaca que de 2007 até hoje, a Alcoa já investiu mais R$ 3 milhões em projetos e ações sociais nas comunidades onde está inserida.

Comandante da 5ª Companhia Independente da Polícia Militar do Tocantins (5ª CI PM-TO), em Tocantinópolis, João Márcio Costa Miranda, diz sentir-se satisfeito com o apoio recebido. “Esta é a segunda oportunidade que temos de parceria com o Ceste e o Instituto Alcoa e ficamos felizes por isso”, disse ao agradecer a doação recebida para o Proerd.

O programa conta com a participação de policiais militares especializados no combate e prevenção às drogas e hoje atende 1.100 crianças e adolescentes regularmente matriculados e freqüentando a escola. A ação prevê acompanhamento familiar e escolar e tem também a parceria das secretarias municipais de educação de Aguiarnópolis, Babaçulândia, Filadélfia e Tocantinópolis.

O gerente de Relações Institucionais do Ceste, Isac Braz Cunha, diz que poder contribuir com o desenvolvimento sustentável faz parte do compromisso social do Consórcio Estreito Energia. “Apoiamos ações como o Proerd e o Educar com Arte porque vemos os bons resultados dos trabalhos realizados”, elogia.

Para o presidente de Honra da Associação Totó Porto, Dagmar de Assis Porto, a parceria com o Ceste e o Instituto Alcoa tornará possível a concretização do projeto “Educar com Arte”, que vai atender 60 alunos e 40 professores da rede pública de ensino de Goiatins. “Com certeza esta parceria foi fundamental para o projeto sair do papel”, afirma.

O gerente de Segurança, Meio Ambiente e Sustentabilidade da Alcoa, Juliano Natal, comenta que projetos como esses são importantes, por provocarem um impacto positivo na região. “O grande benefício que a Alcoa tem quando entra em um projeto é saber que está ajudando a promover a melhoria contínua do município”, diz.

Ricardo Sayão acrescenta ainda que o Instituto Alcoa realizou um mapeamento dos municípios da região, onde foram identificadas as necessidades de cada um para então poder direcionar melhor os seus investimentos. “O Instituto Alcoa tem um orçamento limitado. Por isso, buscamos fazer mais, com menos”, finaliza.

Fonte: Assessoria de Imprensa UHE Estreito